Semana On

Domingo 03.jul.2022

Ano X - Nº 494

Mato Grosso do Sul

Governador autoriza licitação para construir HR de Dourados

Município receberá investimentos de R$ 7,3 milhões para avenida Weimar Torres

Postado em 24 de Novembro de 2017 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A cada dia que passa, a construção do Hospital Regional da Grande Dourados está mais perto do início. Na sexta-feira (24), o governador Reinaldo Azambuja autorizou o processo licitatório para a obra e publicou o aviso de licitação em Diário Oficial. “Temos toda a equação financeira resolvida; o recurso já está garantido”, afirmou ele em agenda pública em Dourados.

De acordo com o governador, a estimativa de investimentos na primeira etapa da obra é de mais de R$ 35 milhões. Ao todo, o valor global pode chegar a R$ 59 milhões – somadas as duas etapas do HR com a construção do anexo que abrigará o Centro de Diagnósticos de Dourados.

“Temos R$ 15 milhões que o deputado Geraldo Resende conseguiu através de emendas federais; mais R$ 4,9 milhões de emenda do então deputado Marçal Filho, que conseguimos recuperar graças ao trabalho do Geraldo; temos apoio do senador Waldemir Moka, que colocou R$ 7,6 milhões para edificação do hospital; do deputado Dagoberto Nogueira, que aplicou mais R$ 3,7 milhões; e temos mais R$ 6,9 milhões que é do Centro de Especialidades; além disso, temos mais R$ 21 milhões que serão aplicados de recursos próprios do Governo do Estado. Então, temos todo o desenho financeiro equacionado”, anunciou Reinaldo Azambuja.

Conforme projeto da primeira etapa do Hospital Regional, a unidade especializada terá 100 leitos e três blocos, distribuídos em: pronto atendimento de pacientes, tomografia, raio-x, endoscopia, ultrassonografia, centro cirúrgico e UTI pediátrica e para adultos (Bloco 1); farmácia, nutrição, dietética, higiene e limpeza (bloco 2); e lavanderia, central de resíduos e necrotério (bloco 3). Serão 7.547,77 metros quadrados de área construída.

Depois da conclusão da primeira etapa, a unidade já estará à disposição de pacientes de toda a região da Grande Dourados, Conesul e faixa de fronteira de Mato Grosso do Sul, contemplando 34 municípios. O Hospital Regional de Dourados será ponto de atenção, prioritariamente, da Rede de Atenção às Urgências e Emergências, da Rede de Atenção às Pessoas com Doenças Crônicas e da Rede da Pessoa com Deficiência. A unidade de referência terá perfil assistencial de hospital geral, que priorizará as linhas de cuidados de urgência/emergência, cardiologia, nefrologia, oftalmologia e cirurgia geral.

“A obra do Hospital Regional da Grande Dourados é emblemática para atendermos a assitência hospitalar. Junto com o Governo do Estado, idealizamos também a construção do mais moderno centro de diagnóstico do Centro-Oeste para que tenhamos no mesmo local do HR todos os exames laboratoriais e exames de imagens, para que os usuários do SUS não tenham que ficar perambulando de um local para outro a procura de exames que auxiliam o diagnóstico médico e melhora o atendimento de saúde”, reforçou o deputado federal Geraldo Resende.

Hospital Evangélico

Durante a agenda em Dourados, o governador Reinaldo Azambuja assinou termo de contratualização entre o Governo do Estado, a Prefeitura de Dourados e o Hospital Evangélico, que vai passar a receber recursos estaduais custeio de cirurgias cardiovasculares oriundas do SUS. Serão R$ 92,5 mil/mês destinados à unidade. Para o superintendente do Hospital Evangélico, Niazy Ramos Filho, a parceria na gestão vai recolocar a unidade no cenário do atendimento à população de Dourados e região.

Avenida Weimar Torres

A revitalização das principais avenidas do município teve mais um investimento do Governo do Estado confirmado na quinta-feira (23). Foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) o resultado da licitação para restauração da avenida Weimar Torres, a terceira principal do município, de um total de quatro que serão restauradas pela gestão estadual.

De acordo com a publicação serão investidos R$ 7.337.000,00, onde serão realizados serviços de restauração do pavimento e drenagem de águas pluviais. “É um compromisso do Governo revitalizar as principais avenidas de Dourados e sendo essas vias os principais eixos da cidade, acreditamos que só traremos benefícios para a população, que além de mais qualidade no tráfego urbano passarão a ter mais segurança”, afirma o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli.

O Governo já divulgou o resultado da licitação das avenidas Marcelino Pires, que receberá investimentos de R$ 11.394.102,33 e da Joaquim Teixeira Alves que terá recursos da ordem de R$ 3.319.257,23. Para compor o quadrilátero de investimentos resta a aprovação do projeto de revitalização da avenida Hayel Bon Faker, que está orçada em aproximadamente R$ 13 milhões. “A Hayel já recebeu investimentos, já foi recapeada em trechos críticos e, agora, em parceria com a Prefeitura estamos finalizando um estudo de readequação e revitalização que deve receber investimentos em breve”, explica.


Voltar


Comente sobre essa publicação...