Semana On

Terça-Feira 19.out.2021

Ano X - Nº 463

Coluna

Celulares a prova de água. Essa mania pega?

Muito se observa sobre os modelos resistentes a água, mas será que vale mesmo a pena investir?

Postado em 18 de Abril de 2014 - Rafael Naruto

Muito se observa sobre os modelos resistentes a água,  mas será que vale mesmo a pena investir? Muito se observa sobre os modelos resistentes a água, mas será que vale mesmo a pena investir?

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Esses dias eu adquiri o aparelho Sony Z1, até o momento o modelo em operação mais moderno da Sony. O Z2 deve chegar nas lojas ainda esse semestre pelo que dizem as lojas e sites do segmento.

Mas voltando a nossa história, eu optei pelo Z1 pela sua incrível resistência a água e poeira.

Muito se ouve dizer sobre os celulares resistentes a água, e não faltam cacarecos e bolsas que dizem proteger o aparelho contra líquidos. Bem, li relatos de várias pessoas que colocaram o dispositivo em contato com a água e que pararam de funcionar e outros que disseram que o funcionamento continua normal.

Resolvi constatar comprando o Z1. O aparelho em si é muito bom, com um desempenho que não deixa a desejar, com um design bonito e elegante, de cara ele chama atenção, mas o aparelho me conquistou mesmo na sua resistência a água.

Entrar na piscina e tirar fotos dos amigos é muito divertido e perceber a qualidade da imagem mesmo submerso é aí que a brincadeira fica ainda mais legal. Registrar carecas e brincadeiras com bolhas ganham um novo significado.

Eu estudei os modelos resisitentes a água e percebi que o grande problema é a carência de leitura das pessoas com relação ao manual de instruções. Os aparelhos precisam estar com todas as tampas fechadas, evitar água salgada ou misturada com produtos químicos como o sabão.

A proteção dos aparelhos cumpre o que diz se você segue as orientações.

No caso do Z1 ele suporta 30 minutos submerso e em uma profundidade de até 1metro e meio, infelizmente ele não suporta uma pressão maior que isso, sendo que grande parte das picinas possui um pouco mais do tamanho limite.

Outro ponto importante é verificar mesmo se todas as tampas e aberturas estão seladas e fechadas, pois se não estiverem a garantia do produto é perdida,  por colocar o dano como negligência do portador do celular, então, cuidado.

Confiram o link abaixo sobre alguns modelos resistentes a água em ação.

Mas respeitando todas as orientações, o sucesso é garantido e no final você acaba descobrindo novas maneiras de ver o mundo em baixo da água e esses celulares hoje, Valem um Play.


Voltar


Comente sobre essa publicação...