Semana On

Segunda-Feira 06.dez.2021

Ano X - Nº 470

Coluna

Redemoinho

A vida, o universo e tudo mais...

Postado em 10 de Fevereiro de 2017 - Danilo Custódio

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A indicação da estreia tupiniquim da semana vai para Redemoinho, primeiro longa de José Luiz Villamarim, diretor das séries Justiça e Nada será como antes, ambas exibidas na Globo ano passado. O filme conta a história do reencontro de dois amigos de infância, depois de passarem muitos anos sem contato. O roteiro foi adaptado do livro Inferno Provisório, de Luiz Ruffato, e aborda questões existenciais que tangem as consequências das escolhas que fazemos na vida, bem como a relação que temos com o outro e também com nosso passado. Trata-se de uma representação honesta do povo brasileiro nas telonas, que já foi premiada em festivais importantes e agora chega no circuito comercial com forte distribuição. Fique ligado na fã-page para descobrir onde encontrá-lo e programe-se!

 

Cinema brasileiro pelo mundo

O Brasil marcou presença com 12 filmes na 67ª edição da Berlinale, considerado um dos três mais importantes festivais de cinema do mundo, ao lado de Cannes e Veneza. O evento é organizado em diversas mostras e, novamente, teremos um representante nacional na disputa pelo prêmio principal: O Urso de Ouro. Joaquim, de Marcelo Gomes, é uma produção realizada através da parceria entre Brasil e Portugal e traz a história de Tiradentes, numa ambientação histórica baseada no século 18. A realização do longa se deu por meio do edital de coprodução Brasil-Portugal em 2014, promovido pela Agencia Nacional de Cinema em parceria com o Instituto do Cinema e do Audiovisual de Portugal, somando ainda recursos do Fundo Setorial do Audiovisual. O cinema brasileiro tem muitos motivos para comemorar...
 

MOSCA

Estão abertas até 12 de março as inscrições para a 11ª Mostra Audiovisual de Cambuquira, popularmente conhecida como MOSCA, que acontecerá entre 12 e 16 de julho de 2017. Trata-se de uma mostra de filmes de curta-metragem que acontece na antiga sala de cinema de Cambuquira, cidade do Circuito das Águas no Sul de Minas. O antigo cinema da cidade permaneceu fechado por 20 anos, mas foi reaberto como espaço cultural em 2001. Com programação totalmente gratuita, a mostra tem seu foco na produção brasileira de curtas-metragens, mas também exibe filmes internacionais, além de promover debates, oficinas, clubinho para crianças e itinerâncias através do projeto MOSCA NA ESCOLA. Ficou interessado, acesse e conheça: www.mostramosca.com.br.

 

Parceria entre EICTV e Brasil

Na semana retrasada publiquei aqui na coluna a informação de que o governo de Temer havia encerrado a parceria com a EICTV, que financiava bolsas aos estudantes brasileiros nessa instituição que é uma das mais importantes escolas de cinema do mundo. Porém, circulou na lista de e-mails do Fórum Geral do Audiovisual a informação de que na verdade esse convênio não havia sido cancelado pela SAV. O que existe é uma suspensão nos contratos de financiamento das bolsas, que já vigora a quase dois anos em função da reorganização burocrática do modelo de repasse dos recursos. A SAV informou que este novo modelo de convênio está sendo estudado pelo departamento jurídico com o objetivo de ser mantido e a EICTV também confirmou que o processo de negociação do convênio está em pleno estudo e que não houve o cancelamento.


Voltar


Comente sobre essa publicação...