Semana On

Segunda-Feira 06.dez.2021

Ano X - Nº 470

Coluna

Conheça os padrões de tomada nos países mais visitados por brasileiros

14 tipos de plugue foram patenteados em diferentes locais

Postado em 09 de Fevereiro de 2017 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Qualquer turista contumaz já deve ter anotado no "check list" de bagagem um adaptador de tomadas. O padrão brasileiro de plugue, usado em equipamentos como o carregador de notebook, não é, digamos, muito popular.

Melhor ainda são os modelos universais: quem viaja à Argentina não encontra a mesma tomada se passar as férias seguintes na Inglaterra.

A confusão tem explicação: na época em que reuniões para decidir um plugue universal seriam realizadas, a Segunda Guerra Mundial estourou; enquanto as conversas não foram retomadas, cada país criou seu padrão.

De lá para cá, 14 tipos de plugue foram patenteados em diferentes locais –alguns, como o americano, copiados em mais de 40 países.

"Por isso, a possibilidade de universalização é vista hoje como muito remota", diz Reinaldo Lopes, professor de engenharia elétrica da FEI.

Um dos padrões imaginados para ser o universal, aliás, é muito semelhante ao adotado pelo Brasil desde 2010 (batizado de tipo N).

Mas ele está entre os menos usados no mundo; além do Brasil, só existe na África do Sul –o H é o menos popular, exclusivo de Israel.

Por trás do design de um plugue com dois ou três pinos não há decisões propriamente técnicas. "Leva-se em conta a segurança, mas o pino chato usado no padrão americano, por exemplo, não é necessariamente mais seguro do que o redondo do plugue europeu", diz Lopes.

São mais decisivas para evitar acidentes medidas como a do plugue N, desenhado para ser encaixado em uma tomada com concavidade.

Para facilitar a vida do turista, levantamos, com base nas informações da Comissão Eletrotécnica Internacional, os padrões de tomadas usados nos 20 países mais visitados por brasileiros, nas Américas, na Europa e na Ásia –segundo estimativas da OMT (Organização Mundial do Turismo) e da Embratur.

Veja no quadro abaixo qual é o plugue adotado no país que você pretende visitar. E, confira também uma seleção de adaptadores universais para colocar na mala.

PRÉ-VIAGEM - VOLTAGEM AINDA DEVE SER CHECADA

Como cada cidade possui sua voltagem (de 90 a 240 volts), era comum hotéis oferecerem transformadores para adaptar eletrônicos à rede local. Hoje, ainda que a maior parte dos produtos suporte qualquer voltagem, vale atentar a isso antes da viagem para garantir seu funcionamento ideal –um DVD pode rodar mais lentamente fora de sua voltagem.

TARGUS
O produto vem com três adaptadores, colocados em um tubo para transporte
QUANTO R$ 29,90
ONDE Dufry

NEWLINK
O adaptador é apto a receber a tomada brasileira de três pinos e cabos USB. Atende aos padrões da Europa, EUA, Ásia e Brasil
QUANTO R$ 69,90
ONDE Wal Mart

SKROSS
As corrediças permitem variar o padrão dos pinos da tomada. Compatível na Europa, Austrália, Japão, EUA e China
QUANTO US$ 69,90 (R$ 155,99)
ONDE Amazon

MOBIMAX
Adaptador ajustável a três padrões: Reino Unido, Europa e EUA e Austrália
QUANTO R$ 79
ONDE Submarino


Voltar


Comente sobre essa publicação...