Semana On

Segunda-Feira 06.dez.2021

Ano X - Nº 470

Coluna

Operação Avalanche

Teoria da conspiração na abertura do Olhar.

Postado em 03 de Junho de 2016 - Danilo Custódio

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

1967, o auge da guerra fria: a corrida global para levar um homem à Lua está acontecendo. Suspeitas crescem dentro da CIA de que um espião russo se infiltrou na cúpula da NASA em uma tentativa de sabotar o programa Apollo. Dois jovens agentes do departamento A/V da CIA apresentam um plano para expor o agente infiltrado e seus supervisores concordam, ainda que com ressalvas. Eles vão disfarçados de cineastas imbuídos da tarefa de documentar a viagem da nação da Terra à Lua.

Essa é a história contada em Operação Avalanche, segundo longa do jovem diretor Matt Johnson, que já mostrou ao mundo que entende bem das essências do found-footage. Em 2013, Johnson estreou seu primeiro longa, The Dirties, que mostra dois nerds filmando sua vingança contra colegas que praticam bullying contra eles. Em Operação Avalanche, a proposta é que essa “câmera personagem” permaneça atenta nas consequências engraçadas que se desencadeiam quando a CIA descobre que o pouso na lua foi uma encenação da NASA.

Operação Avalanche teve sua estreia mundial em janeiro desse ano em Sundence e foi super elogiado pelo The Guardian. Será o filme de abertura do 5º Olhar de Cinema – CIFF, com três sessões simultâneas no dia 08 de junho, as 20:30, no Espaço Itaú de Cinemas, localizado no Shopping Crystal em Curitiba. Os ingressos custam R$8,00 e R$4,00 e já estão a venda na bilheteria do cinema. Compre antecipado, porque vai lotar...

 

Sobre cinema brasileiro

 

#CulturaResiste

“Nossa luta não é só por um ministério. A Cultura Resiste contra todos os ataques de Michel Temer!”.

- Democracia: Ocupação e Resistência.

 


Voltar


Comente sobre essa publicação...