Semana On

Domingo 28.nov.2021

Ano X - Nº 469

Coluna

Dia do fico

Depois de treta, babado e mimimi Marcos Vera volta ao Gaeco.

Postado em 24 de Dezembro de 2015 - Liziane Berrocal

Bonitinho. Bonitinho.

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Marcos Alex Vera de Oliveira. Promotor e gato. Gato e promotor. O mais ajeitadinho do Gaeco e o dono dos holofotes do ano ficou tipo, coro de... ai como é mesmo o nome? Deixa pra lá. Mas foi no “não sabe se vai ou se fica”... Primeiro disse que ia sair, depois ficou aquele burburinho do tamanho de um século com ilações mil e teorias da conspiração de deixar os escritores de ficção morrendo de inveja. E em pleno recesso (o deles, porque geral continua no trampo), o MPE (Ministério Público Estadual) teve que chamar uma coletiva com o menino Passos (lembra aquele que também era sub na Uragano? Aquele que fala igual personagem de desenho?) para falar que tudo não passava de um mal entendido...

Então, depois de um abraço cívico cercado de comissionados da Prefeitura (tem fotos, hein gente), de secretária municipal pedindo votos na caruda usando o megafone, o promotor e gato mandou nota oficial dizendo que sim, o barraco desabou, que a treta rolou, mas para a felicidade geral da nação ele fica! Aeeeee! É tetra!

E Marcos Alex não se fez de rogado. Mandou recado inclusive para a imprensa. E como a gente já tinha falado que o cara só queria sair porque está cansado mesmo, quer alçar novos vôos e tals, teve gente que ficou com cara de tacho! Vai que o sonho é virar sushiman?

Gente, vamos respeitar a vontade do cara? E mais, respeitar a imagem do cara. Se ele é promotor, está no cargo que está, méritos tem pra isso. A mesma coisa o tio Brittes, que não chegou a procurador geral a toa né! Pelo menos os concursos eles passaram, coisa que muita gente não consegue, inclusive titia Berrocal!

Global, bal, bal

O Jornalista Mauricio Ferraz, do Fantástico, me excluiu do "face dele" (que eu acho que é fake), porque eu falei que tinha uma versão oficial da assessoria do promotor Marcos Alex Vera de que ele tinha pedido para sair por novos projetos. Se acha né? Se bem que tem gente que pensa isso de mim. Mas ele pode, afinal, ele sempre foi bem próximo do promotor... Tanto que processos em segredo de justiça sempre chegaram primeiro para ele... E se alguém não sabia como, acho que o próprio jornalista já deu a letra. 

Soninho

Eu que sou corporativista digo: não é meu papel de jornalista julgar porque o promotor saiu ou deixou de sair, mas se ele não tem coragem de afirmar os motivos, que seja colocada a versão oficial uai. Não gostou, assume a assessoria do Marcos Alex, que aliás não fez mais que a obrigação dele em trabalhar. Então menos, bem menos Mauricio Ferraz, porque você não é mais, nem menos que ninguém. Esse povo que se acha "super jornalista" pq tá na "grobo" me dão zzzzZZzzzzZZZzzz...

Fake

Se bem que, o perfil do "jornalista" tem amigos demais daqui, compartilha demais matérias daqui de MS e pelo andar da carruagem, o perfil parece mesmo ser FAKE. Ou seja, a turminha do mal atacando de novo com os perfis falsos feitos por gente paga com dinheiro público? Vamos esperar, vai que o menino da Globo se pronúncia né?

Pré-candidatos

Agora proliferam os pré-candidatos a uma cadeira na Câmara e cada dia aparecem mais. Vamos acompanhar a quantos vão chegar realmente até o final da caminhada nas convenções municipais.

Vermelhinho

Tio Pucci simplesmente fez algo que deixou alguns de boca aberta. Doou um dos seus Unos - vermelho é claro - para o presidente da juventude do PMDB, Maicon Nogueira. O fato inusitado, com direito a transferência em cartório e tudo, aconteceu devido ao roubo da moto de Maicon. O menino “de a pé” chamou a atenção do Tio que perguntou se ele queria uma "Ferrari", no caso o Uno vermelho. Maicon nem titubeou! E claro, além de ganhar uns pontinhos com o italiano, ainda viu o ciúme corroer muita gente!

Então...

Delcidio Amaral, senador, petista (ou o petista mais tucano que existe), preso. Mais de um mês. Passou as festas na cadeia em Brasília. A esposa em Florianópolis e, sinceramente, gostaria de saber onde estaria aquele imenso cordão de puxa sacos que ele tinha anteriormente e que lhe davam vários tapinhas nas costas!

Até mesmo aliados mil, que a gente via nas redes sociais, que se via em todos os lugares, passado um mês da prisão de Delcídio, sumiram ainda mais. Nenhuma palavra de apoio? Sim, eu até vi algumas, mas diante do grande número que seguiam o "Senador de Todos", fica difícil compreender porque ele ficou tão sozinho.

Devolução

Câmara vai devolver R$ 7 milhões do duodécimo para os cofres da Prefeitura, que está com cheque em branco na mão para fazer o que quiser com o decreto de emergência assinado pelo prefeito Alcides Bernal. Mas claro, que isso se for fiscalizado é coisa de "golpista". Então tá né!

Duzentas edições

Gente! Ducentésima edição da Revista Semana On e eu só posso comemorar com vocês! Pensa, estou aqui desde o começo. Primeiro com a coluna Àgora, depois e ainda hoje com a Conta Gotas, onde posso trazer semanalmente uma dose de política e de bom humor, porque não?

Nessas 200 edições falamos das mudanças de prefeitos (isso é pleonasmo se tratando de Campo Grande hahahaha), campanhas políticas para prefeito, para Governador, para presidente, para Senador. Falamos sobre vereadores e deputados. Falamos sobre tantas coisas que seria impossível mensurar o tanto de coisas que escrevemos aqui!

Quero deixar meu muito obrigada a todos vocês que nos acompanham. E dizer que vamos continuar denunciando mesmo que seja em forma de coluna e falando tudo aquilo que muita gente não tem coragem de falar!


Voltar


Comente sobre essa publicação...