Semana On

Sábado 21.mai.2022

Ano X - Nº 488

Coluna

Halo 5

Dito como o lançamento do ano Halo 5 impressiona no XBOX ONE.

Postado em 03 de Dezembro de 2015 - Rafael Naruto

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Halo é um jogo de tiro em primeira pessoa com uma história densa e muito conteúdo a ser explorado que tive a oportunidade de conhecer ainda na primeira versão do XBOX. Dentre jogos, filmes e livros me empolguei demais com a trama e da presença sempre marcante do Master Chief e da inteligência artificial Cortana (nome do mesmo sistema de pesquisa presente no Windows 10).

Halo 5: Guardians é um episódio demais de épico que utiliza todo o poder que o console tem para oferecer. Depois de concluir o jogo e explorar muito das opções multiplayer acredito que tenho condições de expor um parecer a altura do jogo.

Como eu mencionei acima a trama é densa e pegar o título logo de cara pode parecer confuso sem que o jogador tenha conhecido os jogos anteriores. De início você controla o Spartan IV Jameson Locke que está caçando o Master Chief em uma abertura sem igual com muita ação e explosões ao estilo Michael Bay.

Para se ter uma ideia da complexidade dos conteúdos, um Dossiê Halo foi lançado e nele acompanha a etiqueta: O que você precisa saber antes de jogar Halo 5. O enredo é muito inteligente o que faz com que muitos jogadores se apeguem a trama. Halo conseguiu algo que eu só havia encontrado em Final Fantasy VII. Você se importa com o personagem.

Isso faz toda a diferença na sua jogabilidade, pois você se esforça para liderar o seu grupo de forma eficiente, poupar munição para tiros precisos, preservar os personagens de danos e ter aquela sensação de dever cumprido ao final de cada fase.

Quase nada decepciona exceto que você acaba controlando mais o Spartan Locke do que o John 117 e na minha opinião de fã, seria muito mais legal jogar apena com o Master Chief. Esse fato ocorreu pela primeira vez em Halo 2 quando você assume controle de um dos Covenant. Bem, acho que já falei demais hehehe. Fiquem com a introdução que mencionei acima.

Halo 5 é bom demais e Vale um Play.


Voltar


Comente sobre essa publicação...