Semana On

Sábado 27.nov.2021

Ano X - Nº 469

Coluna

Dior

A revolução do New Look

Postado em 23 de Julho de 2015 - Vivianne Portugal

Christian Dior: a lenda. Christian Dior: a lenda.

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Na manhã de 12 de fevereiro de 1947, em Paris, acontecia o evento que mudou a história da moda. A elegância europeia devastada pela grande guerra renasce pelas mãos de Christian Dior. O New Look revelado por Dior no desfile inaugural de seu ateliê na Avenue Montaigne conquista todos os críticos de moda. Desde o seu début, o costureiro é aplaudido com unanimidade.

O New Look é o retorno à feminilidade. As formas femininas que compreendem a cintura e o quadril são realçadas. Os ombros recebem efeito arredondado como uma mãe gentil que segura seu filho nos braços. A delicadeza da mulher é o ponto de partida para uma nova era. Novos ventos sopram em direção a um futuro feliz. É hora de viver o presente com esperança, retomar a atividade social, construir laços de família, e recriar a vida amorosa.

Nenhum detalhe escapa aos olhos de Monsieur Dior, que em sua coleção exibe modelos para o dia, tarde, coquetel, noite e casacos. Nos próximos doze meses que se sucederão, o criador proporá chapéus, perfumes, luvas, bolsas e sapatos. Cada peça obedece a um código de etiqueta também ditado por Dior ao que podemos dizer que além de indicar o que usar também dita como e quando portar.

De fato, as mulheres agradecem, pois naquela época depois de um período de escassez, o esquecimento parece uma realidade.

A nova estética torna-se famosa em todo o mundo e em especial o modelo Tailleur Bar, um conjunto de saia e casaco que traz consigo todo o DNA da Maison Dior.

Nas décadas que se seguirão até os dias de hoje, é o Tailleur Bar o maior símbolo do estilo Dior.


Voltar


Comente sobre essa publicação...