Semana On

Domingo 28.nov.2021

Ano X - Nº 469

Coluna

The Witcher 3 Wild Hunt

Acompanhe o bruxo Geralt por um incrível mundo aberto, cheio de surpresas e mistérios.

Postado em 05 de Junho de 2015 - Rafael Naruto

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O terceiro capítulo da séria The Witcher, é sem dúvida o mais ambicioso e completo que retrata o futuro dos games para essa nova geração de consoles. Talvez o que seja mais interessante é poder entender toda a trama do game, mesmo sem jogar os dois títulos anteriores.

Adquiri o jogo logo no dia de seu lançamento e contabilizo algumas horas, porém ainda estou longe de fechar o game. Missões secundárias e viajar por grandes distâncias trazem mais realidade e alimentam o seu instinto de explorador.

Bem, de verdade me surpreendi muito, assim que comecei a jogar. "The Witcher 3: Wild Hunt" é um RPG tipicamente ocidental, onde você encarna um herói misterioso e embarca em uma série de missões enquanto explora um vasto mundo de fantasia. Como nos melhores jogos do gênero, não há uma divisão clara entre bem e mal, isso fica nas mãos do jogador, que decide o rumo das coisas em cada situação.

Vale ressaltar que suas ações alteram tudo dentro da trama em mais de 30 finais possíveis. No game você é Geralt de Rívia, um bruxo caçador de monstros geneticamente modificado, na mitologia criada pelo escritor Andrzej Sapkowski. Criado para caçar monstros, Geralt vaga pelo mundo salvando as pessoas comuns de criaturas sinistras, desde que seja devidamente pago para isso.

 

 

Totalmente em português as dublagens são muito boas e a trilha sonora impecável. O que tornam o título demais de interessante e viciante e se você ainda curte Game of Thrones vai perceber um easter egg em que o personagem Tyrion Lannister encontra-se morto dentro do jogo. Se deseja ver com os seus próprios olhos eu recomendo o game que Vale um Play.

 


Voltar


Comente sobre essa publicação...