Semana On

Segunda-Feira 08.ago.2022

Ano X - Nº 499

Mato Grosso do Sul

Riedel: o novo, com muita experiência

Pré-candidato ao Governo do Estado, ele destaca: ‘Ser bom, de gestão vale mais do que ter sobrenome político’

Postado em 07 de Julho de 2022 - Redação Semana On

Foto: Divulgação

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O pré-candidato do PSDB ao Governo do Estado, Eduardo Riedel, disputa neste ano, pela primeira vez, um cargo público. Para ele, ser “novo” na política não é problema. Riedel aposta em sua vasta experiência como gestor na iniciativa privada, líder de entidades classistas ligadas à agropecuária e administrador público durante suas passagens pelas secretarias de Governo e Infraestrutura.

Para ele, mais importantes do que ter “nome e sobrenome de político” é ter experiência em gestão, e isso ele tem de sobra. “As pessoas pensam que para entrar na política tem que ser político profissional. Muito mais estranho do que disputar um cargo eletivo pela primeira vez é querer ser político sem nunca ter tido uma experiência em gestão. Isso sim é temerário. Políticos todos nós somos, em maior ou menor grau, fazemos política todos os dias. Além disso, política se faz com políticas públicas por meio da gestão, da busca por resultados e não por meio da demagogia. Por isso a classe política está tão desgastada”, afirmou.

Riedel criticou quem busca a gestão de um governo, de uma instituição, propondo politicagem, quando na verdade é preciso priorizar a gestão de resultados. “A política é consequência deste processo. A sociedade tem cobrado este tipo de postura. Demagogia não engana mais ninguém. As pessoas querem resultado, verdade, transparência e competência são os valores que devem nos guiar nesta desafio”, afirmou o pré-candidato.

É com base nesta filosofia que Eduardo Riedel aceitou o desafio de disputar o Governo do Estado. A decisão, explica, foi fruto de sua história de vida e de um longo trabalho de gestão na iniciativa privada e na vida pública, que o levou a representar um novo modelo de gestão de trabalho. “Represento um novo modelo de trabalho. Sou empresário e produtor rural, dediquei minha vida à minha formação e aos negócios da minha família, e também trabalhando pelo coletivo em instituições. Tenho acúmulo de conhecimento, preparo e determinação para trabalhar pelo coletivo”, assegurou.

Sobre aqueles que dizem que seu nome representa uma continuidade ao Governo Reinaldo Azambuja, Riedel é claro. “Sempre digo que o Reinaldo é o Reinaldo e o Riedel é o Riedel. Quem acha que pode manter uma situação permanente em uma sociedade em transformação, se engana. Se for para manter o que deu certo, o que evoluiu e deu bons resultados, vamos manter. Outras coisas exigirão novas maneiras de atuar e me sinto totalmente capacitado para, com dinamicidade na gestão, encontrar novos caminhos que garantam as entregas e resultados que a sociedade sul-mato-grossense exige”.


Voltar


Comente sobre essa publicação...