Semana On

Segunda-Feira 08.ago.2022

Ano X - Nº 499

Legislativo

Paulo Corrêa intercede e Aral Moreira vai ganhar 19 casas populares

Com mais de R$ 1,7 milhão em investimentos, a obra vai trazer mais dignidade às famílias mais vulneráveis

Postado em 30 de Junho de 2022 - Redação Semana On

Foto: Assessoria de Imprensa da ALEMS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O trabalho incansável do deputado estadual Paulo Corrêa pelos municípios do Conesul mais uma vez surtiu resultados expressivos. Após interlocução do parlamentar, a população de Aral Moreira vai ganhar 19 casas populares para substituição de moradias precárias daqueles que mais precisam.

Intermediado pelo presidente da Assembleia Legislativa, o convênio firmado entre a prefeitura e a Agência Estadual de Habitação Popular (Agehab) foi firmado no último dia 28, na presença do prefeito Alexandrino Garcia e dos vereadores professora Verinha e Corbari.

“Temos no deputado Paulo Corrêa um parceiro de primeira hora de Aral Moreira. Tudo que a nossa gente precisa ele corre atrás para fazer acontecer”, agradeceu o prefeito. “Ele é partícipe de inúmeras conquistas do nosso município e está sempre disposto a ajudar no que a gente precisa”, completou a vereadora.

Presidente da autarquia, a engenheira Maria do Carmo Avesani lembrou dos avanços na legislação estadual aprovados pela Casa de leis, sob o comando de Paulo Corrêa. “Se conseguimos fazer tantas entregas para a população sul-mato-grossense, é porque temos o trabalho de pessoas comprometidas como do deputado Paulo Corrêa”.

Com mais de R$ 1,7 milhão em investimento, sendo metade aplicado pelo estado e metade em contrapartida do município, a obra vai trazer mais dignidade às famílias mais vulneráveis, salienta Paulo Corrêa.

“Além da Maria do Carmo, que é de uma competência absurda, tem um cara que não podemos deixar de agradecer por isso aqui estar saindo do papel. Eduardo Riedel é o nome dele. Assim que o pedido cegou na mesa dele, quando ainda era secretária de Infraestrutura, prontamente avalizou”, lembrou.


Voltar


Comente sobre essa publicação...