Semana On

Quinta-Feira 30.jun.2022

Ano X - Nº 493

Legislativo

Vereadores de Campo Grande recebem fiscais da prefeitura e classes da arrecadação em reunião

Entre as reivindicações, estão o reajuste do teto salarial do Executivo e da categoria e a necessidade de um diálogo aberto com o Legislativo Municipal

Postado em 23 de Junho de 2022 - Redação Semana On

Foto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de CG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

No último dia 22, os vereadores de Campo Grande se encontraram com os servidores fiscais de Campo Grande. Entre as reivindicações, estavam o reajuste do teto salarial do Executivo e da categoria e a necessidade de um diálogo aberto com o Legislativo Municipal.

“Da minha parte vocês têm um compromisso firmado. Vamos protocolar este projeto de Lei e colocar para trâmite normalmente nesta semana”, afirmou o presidente da Câmara Municipal Carlos Augusto Borges, o Carlão.

Segundo o presidente o projeto deve passar a valer a partir de janeiro, depois de aprovado na Casa de Leis. Carlão ressaltou a importância dada pela legislatura atual aos servidores municipais, relembrando o projeto de planos de carreiras do legislativo, retirado do papel após décadas paradas.

“Nós conseguimos fazer isso virar realidade, então vocês podem confiar que eu não volto atrás nos meus compromissos e isso será colocado para votação em breve”, arrematou o presidente.

Os servidores presentes saíram bem satisfeitos com o resultado da reunião. Presidente do Sindicato dos serviços de Fiscalização da Prefeitura (Sindafis), Natalício Gonçalves de Almeida, reforçou a hospitalidade dos vereadores. “Fomos bem recebidos e tivemos o diálogo aberto com os vereadores. O presidente Carlão nos passou confiança de levar para frente nossas demandas”, declarou.

De iniciativa do vereador Valdir Gomes, também participaram da reunião os vereadores Professor Riverton e Camila Jara.

As demandas apresentadas foram dos servidores ligados à fiscalização das secretarias municipais de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur) e Vigilância Sanitária da de Saúde (Sesau), e da Agência Municipal de Trânsito (Agetran). Ainda participaram Auditores Fiscais Municipais e Procuradores do Município.


Voltar


Comente sobre essa publicação...