Semana On

Quinta-Feira 30.jun.2022

Ano X - Nº 493

Campo Grande

Com 60% do recapeamento concluído, Rui Barbosa entra na reta final da drenagem

Em toda extensão da via, que tem 7,3 km, estão com asfalto novo 4,2 km

Postado em 14 de Junho de 2022 - Redação Semana On

Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de CG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Nesta semana as obras de revitalização da Rua Rui Barbosa estão com frentes de serviço de drenagem, fresagem, remendos e recapeamento. Em toda extensão da via, que tem 7,3 km, estão com asfalto novo 4,2 km, o que corresponde a 60% do trajeto.

No lote 2, trecho do viaduto da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), onde 2,4 km dos 4 km estão prontos, o serviço passou a Avenida Eduardo Elias Zahran e está entre as ruas José Luiz Pereira e da Liberdade. Nesta terça-feira (14), está programado o recapeamento do cruzamento com a Avenida Fábio Zahran. Também começa a implantação dos últimos 50 metros de drenagem previstos para a quadra entre as ruas Jornalista Belizário Lima e Luiz Ceciliano. Em todo o lote 2 foram programados 1,6 km de tubulação para captar e escoar a enxurrada que desce das ruas transversais até o Córrego Prosa, na Avenida Fernando Correa da Costa.

Também estão em andamento os serviços das obras de revitalização do lote 1 da Rui Barbosa, entre as Avenidas Fernando Correa e Rachid Neder. Nesta semana foram iniciadas intervenções em dois cruzamentos na área central: entre a Rua 15 de Novembro e a Avenida Afonso Pena, está sendo feita fresagem (retirada do asfalto antigo) e remendos.

No cruzamento com a Avenida Afonso Pena está sendo refeita a base antes de aplicar a nova capa asfáltica. Neste lote, o recapeamento está pronto entre a Avenida Fernando Correa Costa e da Avenida Mato Grosso até a Avenida Rachid Neder, somando 1,8 km, o que corresponde a 60% dos 3 km do trajeto. Os 2,4 km de drenagem previstos estão prontos, incluindo o ramal que capta enxurrada da Rua Pedro Celestino pela Travessa Simiole

O projeto

A revitalização da Rui Barbosa abrange os 7,3 km de extensão da via, inclui a implantação do corredor do transporte coletivo entre a Rua Chile e a Avenida Mato Grosso, com 5 estações de embarque que serão tecnológicas. O usuário poderá acessar o itinerário pelo celular, com QR-code, e observará na prática como funciona a iluminação inteligente. Quando alguém entrar no ponto de ônibus, a iluminação ficará mais forte.

Os cruzamentos da Região Central contarão com mais câmeras de monitoramento. Com tecnologia que permite um longo alcance e reconhecimento facial, as câmeras serão interligadas às centrais da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) e da Guarda Civil Metropolitana. Dessa maneira, a população terá mais um aliado na garantia de maior segurança na região.


Voltar


Comente sobre essa publicação...