Semana On

Quinta-Feira 30.jun.2022

Ano X - Nº 493

Mato Grosso do Sul

Nos 110 anos de Porto Murtinho, Riedel destaca vocação econômica do município

Pré-candidato ao Governo, ele avisa: ‘vamos explorar ao máximo a porta de entrada da Rota Bioceânica e a hidrovia’

Postado em 14 de Junho de 2022 - Redação Semana On

Reprodução Reprodução

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O pré-candidato ao Governo do Estado, Eduardo Riedel, destacou a importância de Porto Murtinho para a economia sul-mato-grossense. O município completou 110 anos de existência e tem papel preponderante na implantação da Rota Bioceânica - que vai ligar Mato Grosso do Sul aos países da América do Sul, em um corredor que vaio seguir até o Oceano Pacífico, encurtando os caminhos para os mercados asiáticos.

Riedel destacou as necessidades do município no intuito de responder as demandas que surgirão a partir da Rota e, também, como polo de distribuição da produção de grãos do Estado. “Para qualificar e melhorar a infraestrutura urbana de Porto Murtinho, temos que, entre muitas outras ações, ampliar o processo de recapeamento, que além de proporcionar uma melhor qualidade de vida à população, influenciará na infraestrutura que a cidade precisa para enfrentar os desafios de desenvolvimento que virão nos próximos anos”.

Nos últimos sete anos e meio, o município recebeu quase R$ 100 milhões em obras. Segundo Eduardo Riedel, isso é só o começo. “Entendo a importância da cidade neste processo econômico, pois Murtinho é o portal de entrada do Brasil”, ponderou.

Outra ação importante para o município e para o Estado é o fortalecimento das operações do terminal portuário – um importante hub logístico de entrada para a Rota Bioceânica. “Temos que explorar estre ativo que é a Hidrovia do Rio Paraguai. Após paralisação da navegação no segundo semestre de 2021, por conta da seca na bacia do Pantanal, as operações voltaram a acontecer”. Para o pré-candidato, a modernização do transporte hidroviário em Mato Grosso do Sul é vital para a economia do Estado.

“O fomento à navegação comercial é resultado de um trabalho de longo prazo, visando potencializar uma via natural de transporte e com menor custo, beneficiando regiões de vocação, como Corumbá e Porto Murtinho. “Vamos investir forte nesta modalidade nos próximos anos”, assegurou Riedel.

A viabilidade da hidrovia e os novos investimentos em terminais em Porto Murtinho, é o coroamento de estratégias de incentivos fiscais e de estímulo ao modal em um Estado que expandiu em 1,5 milhão de hectares a sua produção de grãos em sete anos. “Nossa capacidade de atrair novos empreendimentos para desenvolvimento desse eixo logístico tornou Porto Murtinho uma saída competitiva para a exportação de soja. E vamos aprimorar esta vocação”, garantiu Eduardo Riedel.


Voltar


Comente sobre essa publicação...