Semana On

Quinta-Feira 30.jun.2022

Ano X - Nº 493

Mato Grosso do Sul

Com OCOP, Polícia Militar aumenta em 25% quantidade de ocorrências atendidas em Campo Grande

Inaugurado em julho de 2021, o OCOP é responsável por coordenar e monitorar as viaturas em tempo real, tornando o atendimento mais ágil

Postado em 10 de Junho de 2022 - Redação Semana On

Foto: Assessoria de Imprensa do Governo de MS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul aumentou em 25% a quantidade de ocorrências atendidas por ano em Campo Grande, após a implantação do Programa OCOP (Obtenção de Capacidade Operacional Plena).

Inaugurado em julho de 2021, o OCOP é responsável por coordenar e monitorar as viaturas em tempo real, tornando o atendimento mais ágil. De julho de 2020 a junho de 2021 foram 80 mil ocorrências atendidas. Entre julho de 2021 a junho de 2022 foram registradas 100 mil ocorrências atendidas. Representando aumento de 25%, ou seja 20 mil ocorrências a mais por ano. Aproximadamente 1.600 ocorrências a mais por mês e 30 a mais por dia.

A Polícia Militar também reduziu de forma significativa o número de ocorrências não atendidas. Antes, existia uma demanda reprimida de 45 ocorrências diárias que a polícia não conseguia atender. Atualmente o número passou para abaixo de 10 ocorrências sem atendimento, tendo dias em que a PM atende 100% das ocorrências que chegam.

Pela metodologia do Programa OCOP, todas as regiões urbanas da capital são atendidas com planejamento tendo como base as estatísticas criminais, o levantamento de inteligência e as demandas da comunidade, o que proporciona um atendimento atendendo as peculiaridades de cada bairro.

A capital, dentro de suas 7 regiões urbanas (Centro, Prosa, Segredo, Imbirussu, Lagoa, Anhanduizinho e Bandeira), foi dividida em 37 setores de policiamento o que garante uma maior proximidade da comunidade com a Polícia Militar, proporcionando maior presença e consequentemente prevenção e também diminuindo o tempo-resposta de atendimento ao cidadão.

Para monitorar as viaturas empregadas diuturnamente em Campo Grande foi acionado o COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar), que trabalha em integração com o CIOPS ( Centro Integrado de Operações Policiais e Segurança). O COPOM dispõe de doze policiais militares em turnos de doze horas que são responsáveis pelas respectivas unidades operacionais realizando o monitoramento de todas as viaturas distribuídas nos setores de policiamento.


Voltar


Comente sobre essa publicação...