Semana On

Quinta-Feira 30.jun.2022

Ano X - Nº 493

Campo Grande

Está com sintomas respiratórios?

Serviço oferece orientações e atendimento médico por telefone

Postado em 02 de Junho de 2022 - Redação Semana On

Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de CG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Pacientes que estejam apresentando sintomas respiratórios contam com um serviço de Teleatendimento criado pela Prefeitura de Campo Grande. Sem sair de casa, é possível receber orientações e até mesmo ser atendido por um médico. Basta entrar em contato pelo número 67 2020-2170. O serviço funciona diariamente de 7h às 19h, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

O secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, explica que o objetivo do serviço é proporcionar a orientação adequada ou atendimento ao paciente sintomático respiratório sem a necessidade de que ele se desloque até uma unidade de saúde, evitando assim o risco de exposição.

“Reduzindo a circulação destas pessoas, consequentemente nós temos um menor risco de que haja eventualmente uma contaminação cruzada. Além disso, ao oportunizar ao paciente um serviço ou uma opção para que ele consiga ser atendido sem mesmo precisar sair de casa é possível aliviar a pressão sobre o sistema de saúde”, comenta.

Durante o mês de maio,  o Município registrou uma média de mais de 10 mil atendimentos por dia somente nas 10 unidades de urgência de emergência, em sua maioria pacientes apresentando alguma sindrome respiratória.

O serviço de Telatendimento é composto por uma equipe multidisplinar, formada por servidores administrativos, enfermeiros, médicos, entre outros profissionais de saúde. No período mais crítico da pandemia, o serviço chegou a realizar mais de 700 atendimentos por dia.

Como funciona?

Ao ligar no número 2020-2170, o paciente ouvirá uma gravação explicativa sobre o serviço. A recepção será feita por um profissional que irá colher o histórico da pessoa, com base em um questionário pré-estabelecido, que será inserido no sistema.

Posteriormente, o paciente será transferido para a equipe médica de teleatendimento, caso seja necessário, que dará o encaminhamento devido e recomendará a condulta mais assertiva com base no histórico colhido.

 O sistema foi desenvolvido pela Prefeitura de Campo Grande através da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec) e com o apoio técnico da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

Histórico

Campo Grande foi uma das primeiras cidades do País a implementar esse tipo de serviço, em março de 2020, utilizando a estrutura tecnológica, ferramentas e protocolos próprios, elaborados à época em tempo recorde.


Voltar


Comente sobre essa publicação...