Semana On

Quinta-Feira 30.jun.2022

Ano X - Nº 493

Legislativo

Presidente e embaixador da Argentina reforçam importância do Corredor Bioceânico

Paulo Corrêa recebeu visita institucional do embaixador da Argentina, Luis María Kreckler

Postado em 18 de Maio de 2022 - Redação Semana On

Foto: Assessoria de Imprensa da ALEMS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), Paulo Corrêa (PSDB), se reuniu com o cônsul-geral da Argentina em São Paulo (SP), embaixador Luis María Kreckler. Na ocasião, a autoridade confirmou presença no seminário que será realizado na Casa de Leis, nos dias 26 e 27 de maio. O evento abordará a integração dos municípios do Corredor Bioceânico, e foi proposto por Paulo Corrêa e pelo senador Nelsinho Trad (PSD/MS).

“Convido o embaixador para proferir palestra em nosso seminário. Estamos em contatos bem adiantados com o único embaixador argentino que fala a Língua Portuguesa com fluência. Agradeço sua presença e reitero meu compromisso de entrar em contato com a Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul [FIEMS] em nosso próximo encontro. Essa interlocução é muito importante para a Assembleia Legislativa e para o Estado”, declarou o presidente da ALEMS, Paulo Corrêa.

O embaixador Luis María Kreckler reforçou a importância do debate. “Tivemos uma ótima reunião, em que já começamos a trabalhar no conteúdo que será abordado no seminário, serei palestrante e apresentarei governo falando sobre a importância da Rota Bioceânica, pois tanto a Argentina, quanto o Brasil exporta produtos pelo Atlântico, e a Bioceânica possibilitará a ampliação da chegada dos nossos produtos aos portos chilenos. O projeto é ambicioso e pensaremos na melhor maneira para fazer isso mais rápido. A integração com o Legislativo Estadual é essencial em juntar esforços entre Brasil, Paraguai, Chile e Argentina para trabalharmos em conjunto. Entre as questões que eu abordarei, está a alfandegária, que deve ser mais integrada”, informou.


Voltar


Comente sobre essa publicação...