Semana On

Terça-Feira 24.mai.2022

Ano X - Nº 488

Coluna

A Frente pela Vida, e a vida pela frente

A Conferência Nacional Livre Democrática e Popular de Saúde – 5 de agosto de 2022

Postado em 06 de Maio de 2022 - Túlio Franco

CNS CNS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Frente pela Vida é um movimento dispositivo que nasce em junho de 2020, a partir da necessidade de enfrentamento da pandemia de convid-19, e ao mesmo tempo do negacionismo do governo federal, para formular propostas que servissem à gestão, redes de saúde e movimentos sociais, mobilizados para a proteção da população, frente à doença provocada pelo novo coronavírus. Os anos de 2020 e 2021 foram de grande mobilização, neste sentido.

Dois dos piores anos das nossas vidas se passaram, vendo a morte chegar a cada dia a milhares de pessoas. A Frente pela Vida foi o fio de esperança nos piores momentos da pandemia, e tem sido importante para mobilizar e formular diretrizes para a defesa da Vida, da Democracia e do SUS como política a ser construída no contexto de um novo Brasil.

Diante disto, foi realizado no dia 7 de abril de 2022, o ato de lançamento da Conferência Nacional Livre Democrática e Popular de Saúde, com o propósito de fazer um chamado a amplo movimento social, para a mobilização em favor de um Sistema Único de Saúde – SUS, 100% público. Houve a participação expressiva de entidades da saúde, academia, movimentos sociais, partidos políticos, ciência & tecnologia, configurando uma ampla frente de mobilização.

A Conferência Nacional Livre Democrática e Popular de Saúde, ocorrerá no dia 5 de agosto de 2022, em evento híbrido, cujo componente presencial será em Brasília. Ela é parte preparatória da 17ª. Conferência Nacional de Saúde, convocada pelo Conselho Nacional de Saúde para 2023. Tem como insígnia a defesa da vida, da democracia e do SUS. Para sua preparação serão realizadas Conferências Estaduais, Locais ou por Segmentos, que deverão também contribuir com a formulação de um documento contendo as diretrizes propostas para a política de saúde.

Serão organizadas rodas de conversas através de Lives reunindo os diversos movimentos e setores que compõem a Frente pela Vida, para discutir as diretrizes para uma política de saúde para o país, que devem ser debatidas na Conferência Livre. 

Se pretende também a organização dos Comitês de Defesa da Vida, da Democracia e do SUS, para discussão e mobilização em torno de pautas levantadas no âmbito da Frente pela Vida, construção da Conferência, e no campo de luta geral. Os Comitês podem ser organizados ao mesmo tempo da construção das Conferências Estaduais e Nacional, bem como, representantes da Frente podem compor outros Comitês de Luta Popular, propondo que estes assumam a pauta da saúde.

O documento previamente formulado pelas entidades que coordenam este movimento, está aberto a novas contribuições até a realização da Conferência Livre, em 5 de agosto de 2022.

Veja mais em - Frente pela Vida


Voltar


Comente sobre essa publicação...