Semana On

Terça-Feira 17.mai.2022

Ano X - Nº 487

Campo Grande

Projeto de semaforização pretende acabar com congestionamento no final da Rui Barbosa

Intervenção também prevê a adoção da mão única no sentido centro/bairro, no trecho remanescente ainda em mão dupla

Postado em 26 de Abril de 2022 - Redação Semana On

Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de CG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Mais uma boa notícia para dar celeridade ao trânsito de Campo Grande. A Prefeitura finalizou no último dia 25 o recapeamento das alças de acesso da rotatória no final da Rui Barbosa, no Bairro São Francisco, que dá acesso à Avenida Rachid Neder e à Rua 14 de Julho. Antes do recapeamento, executado no último final de semana, foi feito o cabeamento para implantação de semáforos para reordenar o tráfego no local.

Está programada a instalação de semáforos para reordenar o trânsito que chega a registrar congestionamento nos horários de pico.

Além da semaforização, o projeto viário elaborado pelos técnicos da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) prevê a adoção da mão única da Rui  Barbosa (sentido centro/bairro) no trecho remanescente (entre a Rua Júlio Dittmar e a rotatória) ainda em mão dupla.

Com a adoção da mão única neste trecho final da via que está sendo revitalizada em todos os 7,3  km de sua  extensão, a Rui Barbosa deixará de ser opção de acesso ao centro da cidade para quem vem da região do Bairro Monte Castelo pela 14 de Julho ou Avenida Rachid Neder.  A opção será seguir pela 14 e daí alcançar à Rua 13 de Maio. Esta é a quarta rotatória da cidade a ser semaforizada. A mesma solução já foi adotada nas rotatórias das avenidas Mato Grosso/Nelly Martins; Costa Silva/Interlagos e Ceará/Eduardo Zahran. Nos próximos dias será aberta a licitação para reordenar o trânsito na rotatória Três Barras/José Airton Nogueira.

Andamento das obras

A revitalizacão da Rui Barbosa, incluindo os trechos onde a via tem diferentes denominações, Montese e Trindade, tem 3 km de recapeamento prontos.  No lote 1, estão concluídos os trechos entre a Avenida Fernando Correa da Costa e a Rua 7 de Setembro e da Avenida Mato Grosso até a Rua Júlio Dittmar. Na outra ponta, já receberam asfalto novo as alças de acesso da rotatória do viaduto da UFMS e trechos na região do Jardim Paulista.

A obra na Rui Barbosa  

A Rui Barbosa é  um dos principais eixos viários do transporte coletivo da Capital, por onde circulam 53 linhas do transporte coletivo. A via receberá um corredor do transporte coletivo no trecho entre a Rua Chile e a Avenida Mato Grosso, com 5 estações de embarque e desembarque. No trecho mais central, a partir do cruzamento com a Avenida Afonso Pena, a Rui Barbosa receberá mobiliário urbano semelhante ao da 14 de Julho, com câmeras de monitoramento, padronização das calçadas e Wi-fi gratuito.


Voltar


Comente sobre essa publicação...