Semana On

Segunda-Feira 16.mai.2022

Ano X - Nº 487

Campo Grande

Com público superior a 100 mil pessoas, Prefeitura alerta para baixa procura pela vacina da gripe

Somente cerca de 14,5 mil doses foram aplicadas até o momento

Postado em 19 de Abril de 2022 - Redação Semana On

Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de CG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Somente na primeira etapa da campanha contra Influenza, a Prefeitura Municipal de Campo Grande estima que mais de 100 mil pessoas, entre idosos e trabalhadores da saúde, devem tomar o imunizante que previne três vírus da gripe, contudo, somente cerca de 14,5 mil doses foram aplicadas até o momento. 

Iniciada no último dia 04, a campanha de vacinação foi dividida em duas etapas, sendo a primeira, com duração até o dia 02 de maio destinada exclusivamente para os dois maiores públicos alvos, onde somam mais de 158 mil pessoas a serem imunizadas, e a segunda entre os dias 03 de maio e 03 de junho. 

“Mesmo com plantão de vacinação aos finais de semana, e neste último feriadão, a busca pela vacina ainda está muito abaixo do esperado”, comenta o secretário municipal de saúde, José Mauro Filho.  

A preocupação relacionada à baixa procura pelo imunizante se dá pelo fato de que nem um destes dois públicos bateram a meta de 90% estipulada pelo Ministério da Saúde no ano passado e o total de óbitos por Influenza na Capital somente em 2022 supera o registrado no período anterior à pandemia de Covid-19, totalizando 29 casos. 

“Tivemos uma epidemia atípica entre o final de dezembro e começo de janeiro, algo que nunca tínhamos presenciado, já que os casos de Influenza crescem, normalmente, entre maio e agosto, meses que as temperaturas são mais amenas”, alerta o secretário. 

Ele ainda reforça que esta vacina já está atualizada, e é eficaz contra o vírus da H3N2 que circula e infectou tantas pessoas antes mesmo do período mais crítico de contágio por vírus respiratórios.  

Dentre os idosos, 13.256 buscaram pela vacina, o que corresponde a pouco mais de 10% do público total. Em relação aos trabalhadores da saúde, o cenário é ainda mais preocupante, visto que apenas 4,39% do total se vacinou, sendo 1.306 doses aplicadas até a manhã do último dia 18. 

O imunizante está disponível em todas as unidades de saúde da prefeitura, das 7h30 às 11h e de 13h às 16h45. Os profissionais de saúde que buscam pela vacina devem comprovar vínculo com empresa do ramo ou apresentar documento que comprove ser atuante na área, como o registro em conselho, por exemplo.


Voltar


Comente sobre essa publicação...