Semana On

Terça-Feira 24.mai.2022

Ano X - Nº 488

Campo Grande

Projeto Agricultura Familiar Organizada vai atender comunidades agrícolas da Capital

Programa vai atender os produtores das 25 comunidades voltadas para a atividade

Postado em 19 de Abril de 2022 - Redação Semana On

Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de CG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Prefeitura de Campo Grande começa a viabilizar o projeto Agricultura Familiar Organizada, que vai atender os produtores das 25 comunidades voltadas para a atividade da agricultura familiar da Capital. O objetivo é identificar problemas e apresentar soluções para melhorar as condições necessárias ao fortalecimento da produção agrícola local. Desenvolvido pela superintendência do Agronegócio da Sidagro (Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Econômico e do Agronegócio), o projeto teve início nesta semana. Os encontros serão mensais.

“Nossa meta é reunir os presidentes de todas as associações das 25 comunidades agrícolas de Campo Grande, para capacitá-los em temas como cooperativismo, associativismo, administração de conflitos, ensinando também a identificar os problemas comuns às comunidades, debatendo e apresentando soluções”, afirma João Duarte, superintendente do Agronegócio da Sidagro. “Lançamos todos os projetos do agronegócio em fevereiro e, agora, iniciamos as conversas com os produtores com objetivo de organizar e legitimar as associações junto às suas comunidades, para que possamos facilitar o acesso dos nossos projetos dentro dessas comunidades”, assegura.

Quem participou do primeiro encontro aprova a iniciativa. É o que disse o presidente da Associação das Três Barras, João Landin, que conta com  cerca de 40 produtores associados. “A apresentação que os técnicos da Sidagro fizeram aos produtores foi excelente. Estamos satisfeitos com os objetivos e resultados propostos, e agora nós produtores precisamos apresentar sugestões para que a Sidagro desenvolva os projetos necessários ao desenvolvimento do setor”, afirma.

Marineide Felix de Lima Montez, presidente da Associação Pantanal, comunidade com 30 produtores que trabalham com atenção voltada para a hidroponia, também comemora o novo projeto. “Aprendemos muito nessas reuniões e repassamos imediatamente aos demais produtores, para que todos possam colaborar e crescer”, declara.

A Sidagro conta hoje com 17 projetos voltados ao agronegócio, que atendem desde o início do plantio até a comercialização. O projeto Agricultura Familiar Organizada vai atender cerca de 1.200 famílias.


Voltar


Comente sobre essa publicação...