Semana On

Domingo 22.mai.2022

Ano X - Nº 488

Campo Grande

Vacinação contra gripe está disponível para todo o público da primeira etapa da campanha

Iniciada no começo da semana, a campanha atende primeiramente os idosos e trabalhadores da saúde

Postado em 08 de Abril de 2022 - Redação Semana On

Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de CG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Iniciada no começo da semana, a campanha contra a Influenza está com doses disponíveis para todo o público da primeira etapa, que são idosos e trabalhadores da saúde. Dividida em duas, a campanha é exclusiva para estes dois grupos até o dia 02 de maio, mas o município poderá antecipar a abertura para pessoas que fazem parte de outros grupos prioritários. 

A vacina está disponível em todas as unidades de saúde da Capital, tanto pela manhã quanto à tarde. Somente nestes dois primeiros públicos, o Ministério da Saúde estima que haja 160 pessoas para receber o imunizante em Campo Grande. 

Nos últimos anos tem se percebido uma queda na adesão à vacina, para o secretário municipal de saúde, José Mauro FIlho, isso pode estar relacionado com a campanha contra Covid-19. 

“No ano passado, apenas o público de crianças atingiu a meta de 90% de cobertura estipulada pelo Ministério, e era justamente o único grupo que não tinha vacina disponível”, explica. Ele ainda relembra que, somente neste ano, devido à uma epidemia atípica, já foram registrados 25 óbitos por influenza na cidade. 

Assim como a Covid-19, a Influenza é uma infecção de fácil contágio e transmissão e acontece através das vias respiratórias, sendo mais facilmente agravada em idosos e crianças pequenas.  

Também são grupos prioritários para a vacinação contra a gripe e fazem parte segunda etapa da campanha as crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas até 45 dias pós parto, População indígena, trabalhadores da educação, pessoas com comorbidades e as que tenham deficiências permanentes, caminhoneiros, trabalhadores do transporte rodoviário de passageiros, trabalhadores portuários, Forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema penitenciário, população privada de liberdade e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas. Estes públicos começarão a se vacinar em 03 de maio.


Voltar


Comente sobre essa publicação...