Semana On

Quinta-Feira 19.mai.2022

Ano X - Nº 487

Campo Grande

CCZ realiza feira itinerante com adoção e campanha contra crimes de maus-tratos a animais

A ação acontece de 8h às 11h no estacionamento do McDonald, na Av. Mato Grosso

Postado em 08 de Abril de 2022 - Redação Semana On

Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de CG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O Centro de Controle de Zoonoses de Campo Grande (CCEV) realiza neste sábado (09) ação itinerante com feira de adoção de cães e gatos, vacinação antirrábica e blitz educativa em alusão a campanha Abril Laranja, destinada ao combate aos crimes de maus-tratos a animais. A ação acontece de 08h às 11h na Avenida Mato Grosso, 2.795, estacionamento do McDonald.

A campanha Abril Laranja é um movimento mundial que tem por objetivo sensibilizar a sociedade quanto a prática de crimes de maus-tratos contra os animais e  chamar a atenção quanto a  importância de denunciar este tipo de crime.
Dentre as práticas previstas como crime, há os maus-tratos, a crueldade e o abuso contra animais. São considerados maus-tratos as ações e omissões que provoquem dor ou sofrimento aos bichos.

A crueldade animal caracteriza-se por submetê-los a uma forma continuada de maus-tratos, enquanto o abuso é qualquer ato de manipulação desnecessária ou incorreta dos animais que resultem em prejuízos físicos ou psicológicos, incluindo abuso sexual.

Assim, são exemplos de delitos manter animais em número acima da capacidade do local ou em lugares insalubres, agressões físicas e submeter o bicho a esforços físicos por coerção por mais de quatro horas sem descanso.

Em caso de constatação de práticas de maus-tratos contra os animais, a população pode denunciar ao CCZ, através do número: 3313-5000 e 3313-5001, ou na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista (DECAT), pelo número: (67) 3325-2567 .

Adoção 

O serviço de adoção funciona de maneira permanecente no CCZ. O interessado em adotar um animalzinho deve comparecer ao órgão munido de um documento pessoal com foto, ser maior de idade (18 anos) e ciente sobre as suas responsabilidades ao adotar um animal, o qual será orientado no ato da adoção.

O adotante recebe um documento com carimbo e assinatura de um médico veterinário com orientações e ao mesmo tempo serve como um comprovante de adoção.

A visitação para adoção está aberta permanentemente de segunda a sexta, das 17h às 19h, e sábados, domingos e feriados das 14h às 19h.

Os serviços do CCZ acontecem nos sete dias da semana: vacinação antirrábica, recolhimento urgente de animais (cães e gatos atropelados, agressores), recolhimento de morcegos e as castrações agendadas são alguns dos serviços oferecidos.


Voltar


Comente sobre essa publicação...