Semana On

Quarta-Feira 25.mai.2022

Ano X - Nº 488

Coluna

As falas doidas de ‘Sua Lulidade’

Raphael Tsavkko Garcia fala de Lula, de Orbán e fakenews de esquerda de direita

Postado em 07 de Abril de 2022 - Raphael Tsavkko Garcia

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Não é a primeira vez que Lula parece ter perdido a noção e começou a fazer discursos que vão do megalomaníaco ao simples "WTF?" com passagens por platitudes e promessas vazias.

Me concentro na última promessa vazia (ou pelo menos o que a militância tomou como promessa, mas não passa de um comentário vazio) sobre o aborto. Segundo Sua Lulidade, aborto é questão de saúde pública e não vergonha.

Nada poderia ser mais óbvio.

Ele também disse:

"A mulher pobre fica cutucando seu útero com agulha de crochê, tomando chá de qualquer coisa. Enquanto isso, a madame pode fazer aborto em Paris, ela pode ir para Berlim, encontrar uma boa clínica e fazer um aborto".

Agora imagina só se o PT tivesse tido, sei lá, 13 anos no poder pra pelo menos colocar essa pauta em debate... Ah, teve sim. E não fez.

Na real Dilma mandou ministra calar a boca sobre o assunto. E Lula jamais tocou no assunto seriamente enquanto era presidente.

Pelo contrário, ambos garantiram que os fundamentalistas evangélicos tivessem mais espaço no governo, nos altos escalões do poder, nas TVs, rádios, enfim... O PT é diretamente responsável pela ascensão do pior tipo de fundamentalismo religioso no Brasil e que se opõe francamente a uma série de direitos sociais (pra não dizer todos).

Honestamente? Votar contra o Bolsonaro é questão civilizacional. Mas daí a você acreditar em qualquer promessa do Lula (cujo partido ficou 13 anos no poder) é ser trouxa demais.

"Ah, ele vai fazer agora".

Ok, Claudia, senta lá.

Lula está jogando pra torcida, tentando garantir o público de esquerda todo, fingindo que defende aborto, fingindo que vai bater de frente com os minions (e não se aliar a eles caso ganhe), criticando a classe média (que foi a vitrine dele nos seus mandatos), etc.

Jajá, com a esquerda amaciada, ele volta a ser o Lula empresário de sempre.

ESQUERDA DEFENDENDO ORBÁN?

"Esquerda" agora defendendo Orbán para justificar defesa do Putin. Sim, a coisa tá nesse nível. O texto, claro, é absolutamente mentiroso, mas isso é detalhe.

Essa figura já deu os parabéns ao Putin pelos crimes contra a humanidade em Bucha?

O Jobbik rachou, o terceiro partido no parlamento, de extrema-direita, é o racha. O engraçado é a turma "Alckmin é meu amigo" tendo brios agora com se aliar à direita pra retirar algo pior!

Show de hipocrisia.

E olha que contra Bolsonaro dá pra engolir o Alckmin, contra o Orban a esquerda (e centro-direita) Húngara engoliu o Jobbik. A diferença é que lá a galera negocia, se esforça pra criar uma frente contra o Orbán, no Brasil o Lula manda e o resto diz amém sem nem saber porque enquanto tentam desturir qualquer um que não se submeta (Marina antes, Ciro depois, etc....).

Orbán não é tolerado pela Europa tem muitos anos - nenhum europeísta falava em "conservador duro" como se fosse algo aceitável há pelo menos meia década ou mais. Já quem anda apoiando líderes fascistas europeus são os Lulaminions - do fascista húngaro ao fascista russo cujo ideólogo é nazista.

Quanto à popularidade de Orbán, um rápida análise sobre o redesenho dos distritos eleitorais (gerrymandering) e sobre a lei eleitoral húngara e você vê o quão ridícula é a análise geopolítica de fanáticos lulaminions apoiando autocratas fascistas. Jajá dirão que as eleições russas são limpas.

Se um país invade o outro, comete crimes de guerra e contra a humanidade e você lava as mãos, isso é apoio ao país criminoso. Quem rompeu os protocolos de Minsk foi a Rússia ao reconhecer soberania de Lugansk e Donetsk e Biden não "queria guerra", a Rússia invadiu a Ucrânia. Só isso importa.

Quando um país invade o outro e comete crimes sucessivos e sua preocupação é apontar o dedo pra C, D e E e ignorando todos os crimes, você não passa de escória do pior tipo, um ser desprezível que se vende por narrativas e ideologia de botequim.

"Neutralidade" é apoio à Rússia, mas isso o desqualificado não diz.

O engraçado é que o camarada pra JUSTIFICAR invasão russa, crimes de guerra e crimes contra a humanidade (que logo podem configar genocídio) e mais de 4 milhões de refugiados reclama "ain, ninguém falava do Donbas".

A região ucraniana que a Rússia enviou armas, mercenários e fabricou um separatismo mequetrefe pra justificar invasão?

Pois é...

O Lulaminion já é um Bolsominion, só que pintado de rosa e realmente achando que é diferente.

FAKE DE ESQUERDA E DE DIREITA

Tem ANOS que eu bato na mesma tecla: Brasil 247 e DCM são meras centrais de fake news do PT. Não publicam nenhum conteúdo sério, se limitam a manipular, desinformar e chupar notícias de grandes portais pra depois reclamarem que "isso a mídia não mostra".

Agora a Wikipedia oficialmente considera esses sites (junto com outros lixos bolsonaristas como Brasil Paralelo e Jovem Pan) como não confiáveis, fakes.

Fico na torcida para que o Twitter siga a Wikipedia e também limite o alcance dessas centrais de fake news e ofereça conteúdo seguro e confiável no lugar.

O editor da Wiki que mobilizou para incluir essas centrais de fake news na lista de fontes não confiáveis, Rodrigo Padula, está sendo ameaçado de processo pelos lunáticos do Brasil 171 e DCM.

No mais típico "SENTIU" da internet, reclamam que o Padula é cirista (e sabemos que qualquer um que não se submeta ao Lula é considerado fascista por esse pessoal). O argumento dos sites de fake news petistas não toca no fato de, bem, serem apenas centrais de fake news, mas tão somente focam em tentar atacar o Padula e... a Globo!

Um parêntese, eu passei mal de rir ao ler que "a Wikipédia está sendo capturada por interesses políticos e privados, ferindo seu princípio editorial da neutralidade." Sim, Kiko Nogueira teve coragem de dizer isso, de apontar o dedo. É hilário!

Reparem na pérola:

"A militância de Ciro Gomes é tão ou mais delinquente que a de Bolsonaro. O senhor Padula está extrapolando suas funções e usando a Wikipedia para tentar eliminar adversários políticos. Esperamos que a Wikipédia proteja sua integridade e de seus usuários diante desse tipo de expediente. O senhor Padula será processado", disse Kiko Nogueira ao 247, que também irá processar o wikipedista."

Como eu disse, pro petista, todo mundo que não apoia Lula é Bolsonarista. Ou pior. Isso porque a turma do "segundo turno ideal" que nunca moveu uma palha pelo impeachment de Bolsonaro é toda petista. E eles são imparciais, nada ideológicos, íntegros, não tem adversários políticos, etc.

A ABI, que já perdeu sua relevância há décadas, também reclamou - mas curiosamente só achou ruim que os sites de fake news petistas fossem incluídos na lista, mas não viu problema nos bolsominions.

O engraçado da nota da ABI é que menciona a Fórum, que não foi citada como não confiável pela Wikipedia (mas deveria). É o famoso CQD.

https://piaui.folha.uol.com.br/guerra-das-fontes/


Voltar


Comente sobre essa publicação...