Semana On

Domingo 28.nov.2021

Ano X - Nº 469

Coluna

O Duelo

Última aparição de José Wilker nas telonas já pode ser vista em grande parte do Brasil.

Postado em 20 de Março de 2015 - Danilo Custódio

Wilker em cena de O Duelo. Wilker em cena de O Duelo.

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O Duelo, do diretor curitibano Marcos Jorge, é a estreia brasileira da semana. Baseado na obra Os Velhos Marinheiros ou O Capitão de Longo Curso, de Jorge Amado, foi rodado com grande orçamento e por isso conseguiu reunir um elenco estelar e ser tecnicamente executado de forma impecável. São imagens de encher os olhos. Trata-se de uma joia preciosa no meio dessas bijuterias baratas recentemente produzidas pela Globo Filmes. É o cinema brasileiro sendo levado a sério. Ainda assim, está longe de ser o melhor de Marcos Jorge, que tem no currículo o premiadíssimo Estomago, esse sim uma obra prima do cinema nacional. Ainda assim, garanto que vale a pena conferir o empolgante duelo entre o Comandante Vasco e o Seu Chico, cada um com o seu lado da história. Esse é o último trabalho do ator, diretor e crítico de cinema José Wilker, que faleceu ano passado vítima de um infarto. Wilker foi, com toda certeza, um dos maiores artistas desse país e o trabalho dele nesse filme faz jus a sua brilhante carreira. Confira!

 

Faroeste à moda antiga

Também estreia essa semana Dívida de Honra, quarto longa dirigido por Tommy Lee Jones, uma das maiores estrelas do cinema hollywoodiano. O filme é tão bom que entrou na seleção oficial de Cannes ano passado. Vale dizer que o “western” americano é o primeiro gênero cinematográfico da história cinema. E a grande questão nesse tipo de filme é que não se fazem mais faroestes como antigamente. Isso porque a sociedade contemporânea condena o principal clichê do faroeste: o caubói branco, heterossexual e machão. Esse cara legal enchia de bala todos os seus inimigos bandidos e esses vilões eram sempre negros e índios. Essa personificação do caubói virou um símbolo americano, que passou a ser repudiado no pós-guerra e teve um ápice de desconstrução no filme O Segredo de Brokebreak Montain, do tailandês Ang Lee (que, aliás, é um dos melhores filmes de romance que já vi). Por isso, alguns "especialistas" filmes de faroestes, apenas aqueles que revisitam o gênero. Mas Tommy Lee Jones provou o contrário. Dívida de Honra é sim um faroeste a moda antiga, baseado no romance de mesmo nome escrito em 1988 por Glendon Swarthout, que narra a saga de pessoas que desbravaram o oeste selvagem americano de 1850. Um retrato histórico feito sem agredir com preconceitos a sociedade contemporânea. E tudo sem perder a credibilidade histórica. É sensacional.

 

Mais cinema brasileiro

Outra estreia da semana é o Branco Sai, Preto Fica, de Adirley Queirós. Repito o que disse na primeira coluna: esse filme é imperdível. A segregação da periferia em Brasília é o tema central nessa trama sci-fi magnífica. Aqui, testemunhamos um Brasil futurista visto de uma maneira simples, pura e verdadeira. Se você está em uma das cidades onde ele será exibido, não deixe de assistir.

 

Ditadura para recordar

Nos últimos dias muita gente andou bradando por uma intervenção militar no controle no país. Eu não vivi na época da ditadura que rolou durante vinte anos por aqui, mas li e vi tantas coisas horríveis a respeito desse período que meu desejo é que isso fique só na história. Mas como o assunto está na pauta, para aqueles que querem aprender com o cinema um pouco do que rolou, indico uma relação de onze filmes para entender a ditadura militar no Brasil, publicada recentemente no site Pragmatismo Político.

Para entender.

 

Cinema em Curitiba

Para quem está em Curitiba ou região e procura por um cardápio cinematográfico diferenciado do que aquele normalmente oferecido nos shoppings, não deixe de acompanhar o portal Cinema em Curitiba. As atualizações são constantes e ali você irá encontrar informações completas sobre onde e o quê está em cartaz em cine clubes, universidades, salas comerciais, etc. É um ótimo guia. Confira!

Site.


Voltar


Comente sobre essa publicação...