Semana On

Sexta-Feira 20.mai.2022

Ano X - Nº 487

Campo Grande

Rita Vieira já recebeu 16 km de asfalto e mais de 60% do bairro está pavimentado

O primeiro a se mudar para o residencial foi o caminhoneiro Jair Garcia

Postado em 23 de Março de 2022 - Redação Semana On

Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de CG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

As obras no Rita Vieira estão em ritmo acelerado com frentes de drenagem, terraplanagem e pavimentação. Conforme balanço da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos), estão prontos 16 km de asfalto, o que corresponde a quase 62% da malha viária não asfaltada do bairro, que será beneficiado com 26,16 km de pavimentação. Já foram realizados 3,8 km de drenagem e 1,5 km de recapeamento, dos 4,1 km programados. A Avenida Garimpo, acesso ao Coopharádio, foi uma das vias que receberam asfalto novo.

“Além de melhorar a qualidade de vida, haverá valorização dos imóveis”, prevê o morador Domingos Campos. O asfalto começa a chegar no ponto extremo do bairro, onde está localizado o Residencial Lúcia Nogueira, construído há 17 anos, quando foi aberta a segunda etapa do loteamento

O primeiro a se mudar ao residencial foi o caminhoneiro Jair Garcia, 73 anos, agora aposentado. Na manhã do último dia 22 ele se posicionou num local privilegiado, a esquina da Rua Olinda Alves com a Martine de Moraes, para testemunhar a chegada do asfalto.

A Rua Olinda Alves junto com a José Vieira Bastos, servirão de acesso à Avenida Novo Estado. Esta via, concluída em 2020, encurta o acesso a bairros próximos, como o Perpétuo Socorro, Universitário e Santo Eugênio, além da estação rodoviária. Encurta a distância para que está na Avenida Três Barras e quer chegar esta região do Rita Vieira.

Além de drenagem e asfalto, o bairro está recebendo 40 km de rede de esgoto com 4.105 ligações domiciliares. A Infraestrutura será completada com calçada e sinalização horizontal e vertical. Já foi feito o prolongamento da Avenida Rita Vieira, ligação entre as avenidas Interlagos (do Rádio Clube ), Guaicurus , Novo Estado e Toros Puxian/Vitor Meireles

Prolongamento da Nicomedes

Segundo técnicos da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), as obras no Rita Vieira também terão impacto no sistema viário de bairros vizinhos como o Santo Eugênio, Universitário e Dr. Albuquerque. Com a pavimentação do prolongamento da Rua Nicomedes Vieira, essa via passará a ser um eixo entre as avenidas Eduardo Elias Zahran e Interlagos, alternativa a Bom Pastor, tradicional corredor gastronômico que será revitalizado ano que vem.

A Nicomedes Vieira, no trecho em que atravessa o Bairro Vilas Boas, da Zahran até a Fernão Dias, já foi recapeada. Também será complementado o recapeamento na Rua Paraisópolis, que é uma opção de tráfego para quem está na Zahran entrar na Rua Santana (já recapeada), chegar até a rodoviária ou a Avenida Guaicurus, no Bairro Universitário.


Voltar


Comente sobre essa publicação...