Semana On

Terça-Feira 17.mai.2022

Ano X - Nº 487

Mato Grosso do Sul

Riedel anuncia inauguração do ‘Bioparque Pantanal’

Secretário comandou a retomada do projeto, paralisado no Governo Puccinelli

Postado em 23 de Março de 2022 - Redação Semana On

Foto: Assessoria de Imprensa do Governo de MS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O pré-candidato ao Governo do Estado – e atual secretário estadual de Infraestrutura – Eduardo Riedel, anunciou na quarta-feira (23) a inauguração do “Bioparque Pantanal – Espaço de Experiência e Conhecimento”, o chamado Aquário do Pantanal. A obra, paralisada no Governo André Puccinelli, foi retomada na atual gestão no dia 8 de maio de 2019, como parte do Programa “Obra Inacabada Zero”.

Riedel destacou que desde quando a retomada da obra foi autorizada no atual Governo, muitas coisas foram feitas simultaneamente e em coordenação. “Foi um tremendo desafio coordenar diversas frentes de trabalho simultaneamente para garantir a conclusão desta importante obra. Quando fui para a secretaria de Obras, assumi um propósito muito firme de terminar esse empreendimento e entregá-lo à população. Concluímos uma longa jornada e, agora, se inicia uma nova história”, pontuou.

Para o secretário, o Bioparque terá uma dimensão que ultrapassa o ponto de vista turístico, envolvendo pesquisa científica, educação e conscientização.  “Vamos começar a operar, de imediato, chamando a sociedade para dentro do Bioparque de maneira controlada, guiada, para poder ter o máximo de conhecimento e participação na maturidade do empreendimento. Esse é o nosso objetivo”, acrescentou Riedel. Todo o calendário de visitação e demais detalhes da obra serão apresentados na inauguração.

Com aproximadamente 19 mil m² de área construída, o Bioparque Pantanal conta com 33 tanques, sendo 23 internos e oito externos, além de um tanque de abastecimento e outro de descarte de efluentes, totalizando um volume de cinco milhões de litros de água, nas dependências do Parque das Nações Indígenas. Será o maior laboratório de peixes pantaneiros do mundo, abrigando 220 espécies de peixes neotropicais: 151 espécies pantaneiras; 55 da Amazônia; 14 africanas e outras da Oceania, Ásia e América Central.


Voltar


Comente sobre essa publicação...