Semana On

Domingo 22.mai.2022

Ano X - Nº 488

Campo Grande

Prefeitura entrega à Câmara projeto que regulamenta 5G

Proposta coloca Campo Grande na vanguarda do uso da tecnologia

Postado em 16 de Março de 2022 - Redação Semana On

Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de CG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Prefeitura de Campo Grande encaminhou para a Câmara Municipal um projeto de lei que regulamenta a tecnologia 5G na Capital. O encaminhamento do plano é um dos primeiros passos da Prefeitura no sentido da completa adequação da normativa municipal à LGA e objetiva fomentar o avanço da tecnologia, alavancando assim a velocidade da conectividade para celular e dispositivos inteligentes.

Alguns municípios no país já fizeram essa atualização para alinhamento às normativas federais. São os casos de Porto Alegre (RS), São Paulo (SP), Londrina (PR) e também o Distrito Federal. Assim, este projeto possibilitará que Campo Grande, ao modernizar e atualizar sua legislação municipal  esteja preparada para receber a nova tecnologia, assumindo assim a vanguarda em Mato Grosso do Sul.

“Campo Grande já está preparada para receber a nova tecnologia 5G e os seus benefícios para todas as áreas. A mensagem do executivo foi elaborada por técnicos da Prefeitura e representantes da população nos conselhos municipais. Um documento técnico, moderno e elaborado de forma democrática”, disse o prefeito Marquinhos Trad.

O 5G irá ampliar, por exemplo, os serviços de telecomunicação, melhorando assim, o acesso à internet dos equipamentos públicos, bem como a implantação do videomonitoramento, a viabilização da semaforização inteligente e a entrega de mais serviços digitais para a população.

A nova tecnologia de conectividade 5G já foi lançada comercialmente no Brasil e a atualização certamente possibilitará importantes avanços em áreas como segurança pública, telemedicina, educação à distância, cidades inteligentes e automação. Além disso, a expansão dos serviços contribuirá para a inclusão social dos cidadãos que residem em áreas periféricas e não possuem sinal do celular de qualidade.

Para o diretor presidente da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec), Paulo Fernando Garcia Cardoso, a chegada da tecnologia 5G em Campo Grande proporcionará um ambiente favorável à expansão da conectividade em todas as áreas do município, sejam elas urbanas ou rurais, e também nos Distritos de Anhanduizinho e Rochedo, após a Anatel ter acolhido o pedido do Executivo Municipal para incluir os referidos distritos nos projetos para implantação da tecnologia 5G e ampliação da rede atual.

“Melhoria na qualidade dos serviços de rede móvel, desenvolvimento econômico, avanços na telemedicina, carros autônomos e cidades inteligentes. Essas são algumas das expectativas que a chegada do 5G poderá concretizar no nosso município. Podemos dizer que após estudos, análises e debates com as operadoras de telecomunicação e com a população, por meio do Conselho Municipal da Cidade (CMDU), Campo Grande está preparada para receber a tecnologia 5G”, explica a diretora-presidente Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano (Planurb), Berenice Maria Jacob Domingues.

Visando simplificar o processo de instalação das Estações Transmissoras de Radiocomunicação (ETR’s), o município, por meio de um grupo técnico, elaborou um instrumento aderente às legislações federais vigentes. Participaram do grupo técnico: Gabinete do Prefeito, Secretaria Municipal de Governo e Relações Institucionais (Segov), Agetec, Planurb, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur) e Subsecretaria de Gestão e Projetos Estratégicos (Sugepe).


Voltar


Comente sobre essa publicação...