Semana On

Quinta-Feira 19.mai.2022

Ano X - Nº 487

Legislativo

Carlão e Papy recebem visita institucional da Procuradora-Chefe do Ministério Público do Trabalho

Na pauta, inovações da Mesa Diretora em favor do aperfeiçoamento profissional dos trabalhadores da Casa de Leis

Postado em 24 de Fevereiro de 2022 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Carlos Augusto Borges (Carlão PSB), juntamente do vereador Papy, receberam a visita institucional da Procuradora-Chefe do Ministério Público do Trabalho, Cândice Gabriela Arosio. Na pauta do encontro, estavam as inovações da Mesa Diretora em favor do aperfeiçoamento profissional dos trabalhadores da Casa de Leis.

“Após mais de 30 anos sem mudanças, aprovamos o Plano de Cargos e Carreiras dos servidores efetivos da Casa. Visando valorizar o quadro de pessoal, adotando nomenclaturas de cargos e estrutura remuneratória básica adequada à natureza, ao grau de responsabilidade, à complexidade e aos requisitos para a investidura nos cargos. Tudo para que a população de Campo Grande tenha qualidade nos serviços prestados pelos servidores da Câmara”, disse Carlão.

O presidente também ressaltou sobre o concurso público em andamento da Câmara, com vagas para assistente administrativo, além de uma vaga para assistente social, duas para técnico administrativo, duas para tradutor de Libras (Língua Brasileira de Sinais), que exigem diploma de graduação em nível superior nas respectivas áreas. Para todos os cargos, a carga horária é de 30 horas semanais. Haverá ainda reserva de vagas para PCD (Pessoas com Deficiência) no percentual de 5%, negros (10%) e índios (5%).

Já a Procuradora-Chefe do Ministério Público do Trabalho parabenizou as ações pelo aperfeiçoamento dos funcionários da Casa de Leis e destacou o aumento da equipe concursada.

“Essas iniciativas criam um corpo de trabalho qualificado, próprio e constante, já que independem dos mandatos dos parlamentares. O que resulta numa identidade técnica para a instituição”, afirmou Cândice Arosio.


Voltar


Comente sobre essa publicação...