Semana On

Segunda-Feira 16.mai.2022

Ano X - Nº 487

Mato Grosso do Sul

Valor Bruto da Produção Agropecuária de MS apresenta crescimento de 17,85% nos últimos 3 anos

Estado é o sétimo colocado no ranking nacional

Postado em 24 de Fevereiro de 2022 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A estimativa do Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) de 2022 para Mato Grosso do Sul é de R$ 79,9 bilhões, valor que manteve o posicionamento do Estado como sétimo colocado no ranking nacional, com uma taxa de crescimento de 17,85% no VBP agropecuário sul-mato-grossense no período de 2020 a 2022. As informações são do levantamento feito pelo Mapa (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento) com base nos dados de janeiro deste ano.

De acordo com a Nota técnica sobre VBP da agropecuária de MS, elaborada pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) com base no levantamento do Mapa, as culturas de maior destaque no crescimento do VBP do Estado foram a soja (5º no ranking), o milho (4º no ranking), a cana de açúcar (4º no ranking); enquanto que na pecuária o melhor desempenho foi para: bovinos (4º no ranking), frangos (7º no ranking) e suínos (7º no ranking).

O crescimento do VBP da soja foi de 81,21% de 2018 a 2022 enquanto que no Brasil esses valores chegaram a 58,86% para o mesmo período de análise. No caso do milho, o crescimento do VBP foi de 145,54% de 2018 a 2022, enquanto que no Brasil esses valores chegaram a 108,78% para o mesmo período.

Na pecuária, o setor de bovinos teve um crescimento do VBP foi de 35,92% de 2018 a 2022, enquanto que no Brasil esses valores chegaram a 24,66%. Nas carnes de frango e de suínos, a variação do Valor Bruto de Produção no período de 2018 a 2022 foi de 5,44% e 19,18%, respectivamente.

O que é o VBP

O VBP mostra a evolução do desempenho das lavouras e da pecuária no decorrer do ano, correspondente ao faturamento dentro do estabelecimento. É calculado com base na produção agrícola e pecuária e nos preços recebidos pelos produtores nas principais praças do país dos 26 maiores produtos agropecuários nacionais.

O valor real da produção é obtido, descontada da inflação, pelo Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI), da Fundação Getúlio Vargas (FGV). A periodicidade é mensal com atualização e divulgação até o dia 15 de cada mês.


Voltar


Comente sobre essa publicação...