Semana On

Domingo 22.mai.2022

Ano X - Nº 488

Campo Grande

Prefeitura começa a recapear o prolongamento da Rui Barbosa

Projeto abrange os 7,3 km de extensão da via, um dos principais corredores do transporte coletivo da cidade

Postado em 23 de Fevereiro de 2022 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Prefeitura de Campo Grande iniciou nesta semana o recapeamento da Rua Montese, prolongamento da Rui Barbosa, na Vila Olinda, entorno da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Ainda nesta semana chega na Rua Trindade, denominação do prolongamento a partir do cruzamento com a Avenida Salgado Filho.

Na região já receberam asfalto novo as alças de acesso ao viaduto da UFMS e os acessos das ruas transversais. Parte da base do antigo pavimento foi refeito (os chamados remendos profundos), além da construção de calçadas e 1.236 metros de drenagem. Está programado o recapeamento de duas transversais, as ruas Chile e Quintino Bocaiúva.

Em outra frente de serviço deste lote 2 da revitalização da Rui Barbosa (trecho entre a Avenida Fernando Corrêa da Costa e o viaduto da UFMS) estão em andamento mais 592,99 metros de drenagem, para captar a enxurrada das ruas transversais que será escoada no Córrego Prosa, sob o canal fechado da Avenida Fernando Correa da Costa .Há três seções de tubulação: entre as ruas da Liberdade,  Professor Severino de Queiroz e a Calarge e da Rua Tônico até a Fernando Correa da Costa .

Revitalização

O projeto de revitalização da Rui Barbosa abrange os  7,3 km de  extensão da via, um dos principais corredores do transporte coletivo da cidade . No lote 1,  3,02 km  entre as avenidas Fernando Correa da Costa e Rachid Neder, já estão  prontos os 3 km drenagem   , 1.369 metros de  calçadas , mais de 1 km de recapeamento :   715 metros da Avenida  Mato Grosso até a Rua Pernambuco e  da Fernando Correa da Costa até a Rua  15 de  Novembro.

A drenagem implantada eliminou pontos de alagamento , como o que havia perto do Pronto Socorro. Nesta região foi implantada uma tubulação pela Travessa Pepe Simioli (a partir da Pedro Celestino), entra  na Rui Barbosa e  se conectou  com a drenagem da Avenida Mato Grosso, para a enxurrada desaguar no Córrego Segredo.

O primeiro ramal da tubulação capta e escoa até o Córrego Prosa a enxurrada da parte alta das transversais, desde a Rua Barão do Rio Branco, passando pela Avenida Afonso Pena e ruas 15 de Novembro, 7 de Setembro, Joaquim Murtinho e Barão de Melgaço.
A partir da Cândido Mariano  foi  implantada uma tubulação para escoamento da enxurrada até o Córrego Maracaju canalizado sob a pista da rua do mesmo nome .

Corredor

A  Rui Barbosa é  um dos principais eixos viários do transporte coletivo da Capital, por onde circulam 53 linhas do transporte coletivo. Serão feitos 7,1 km de recapeamento, mais de 4 km de drenagem . A  intervenção  começa nas  proximidades do viaduto da Universidade Federal (onde a rua ainda se chama Trindade), até quando se encontra com a Avenida Rachid Neder. A via receberá um corredor do transporte coletivo no trecho entre a Rua Chile e a Avenida Mato Grosso, com 5 estações de embarque e desembarque. No trecho mais central, a partir do cruzamento com a Avenida Afonso Pena, a Rui Barbosa receberá mobiliário urbano semelhante ao da 14 de Julho, com câmeras de monitoramento, padronização das calçadas e Wi-fi gratuito.

O corredor de ônibus da Rui Barbosa  vai se conectar com o Terminal Morenão pelas ruas Chile e Quintino Bocaiúva, que também serão recapeadas. Conforme o projeto, serão instaladas cinco estações de embarque e desembarque com um corredor exclusivo para os ônibus, que irão ocupar as duas faixas da esquerda. Os novos pontos serão construídos  entre a Rua Quintino Bocaiuva e a Avenida Mato Grosso.

Os ônibus serão equipados com GPS’s ligados ao sistema semafórico inteligente da via. Assim, uma “onda verde” irá se formar nos cruzamentos quando os veículos estiverem trafegando pela Rui Barbosa, aumentando a velocidade média do transporte coletivo e diminuindo o tempo de espera dos passageiros. Além disso, os pontos  serão equipados com displays  informarão  os horários de chegada e partida dos veículos, com atualização em tempo real.


Voltar


Comente sobre essa publicação...