Semana On

Domingo 22.mai.2022

Ano X - Nº 488

Mato Grosso do Sul

Mais Social transforma realidades e já chega a mais de 75 mil famílias

Com os R$ 300 reais disponibilizados mensalmente pelo Governo do Estado para 75 mil famílias, comida na mesa é garantida para quem mais precisa

Postado em 22 de Fevereiro de 2022 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Em abril do ano passado era criada a lei que estabelecia o programa Mais Social. De lá para cá muita coisa mudou, para melhor, na realidade das famílias em vulnerabilidade em Mato Grosso do Sul. Com os R$ 300 reais disponibilizados mensalmente pelo Governo do Estado para 75 mil famílias, comida na mesa é garantida para quem mais precisa e a meta é de ainda neste primeiro semestre, o benefício chegar a 100 mil beneficiários.

Também neste período, famílias que eram atendidas pelo antigo programa Vale Renda foram migradas para o programa Mais Social, fortalecendo a proteção social de quem mais precisa e atendendo a todos, sem deixar ninguém para trás. Beneficiários que recebiam os R$ 180 reais disponibilizados pelo Vale Renda passaram a receber R$ 200 reais e depois, com o aumento no programa, passaram a receber R$ 300 reais.

“É uma imensa conquista para a política de proteção social em Mato Grosso do Sul. Só quem precisa de comida na mesa, sabe o quão importante é esse apoio do Governo do Estado. Vamos chegar as 100 mil famílias e dar condições para que nossa gente se desenvolva. O Mais Social, além de conceder o benefício, também acompanha o beneficiário e o estimula a progredir, construindo pontes com a educação e o emprego”, pontuou o secretário em substituição da Sedhast, Adriano Chadid.

Em uma das entregas na Capital, Diva dos Santos, 58 anos, moradora do Bairro Tarsila do Amaral, contou que estava desempregada e com a nora grávida. Diva pontuou que o Mais Social é uma esperança na vida dela e de sua família. “Com esse benefício conseguimos ter um dinheiro para comprarmos o gás e frutas para a família”, conta.

Já a moradora do Jardim Noroeste, Maiara dos Santos, 31 anos, é mãe de três filhos (com nove meses, dois e seis anos). A prioridade para ela é a compra de comida. “Sem dúvida esse auxílio é essencial para mim e para muitas famílias. Vou comprar comida para as crianças com esse dinheiro”, pontuou a dona de casa, que disse ainda que ficar sem esse benefício seria muito ruim para sua família.

Mais Social

O Mais Social é um auxílio pensado pela equipe do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul para atender as famílias em situação de vulnerabilidade social, insegurança alimentar e nutricional. O programa paga R$ 300 reais mensais para beneficiários que têm renda mensal familiar per capita inferior a meio salário mínimo. As 100 mil famílias beneficiárias do Mais Social estão sendo extraídas conforme dados disponibilizados pelo CadÚnico. Conforme a regulamentação do programa, será concedido um benefício por família.

Equipes da Sedhast estão realizando o contato com os beneficiários, portanto é necessário aguardar a visita desses grupos de trabalho que estarão devidamente identificados e respeitando as normas de biossegurança adequadas ao atual momento de pandemia.

Dúvidas podem ser sanadas pelo telefone 3368-9000.


Voltar


Comente sobre essa publicação...