Semana On

Terça-Feira 17.mai.2022

Ano X - Nº 487

Poder

Lula lidera, e Bolsonaro derrete no Nordeste: o que dizem as primeiras pesquisas de 2022?

Nesta semana, Ipespe e Genial/Quaest confirmaram liderança do ex-presidente

Postado em 11 de Fevereiro de 2022 - Brasil de Fato - Edição Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

As primeiras pesquisas eleitorais de 2022 mostram estabilidade em relação aos dados do fim do ano passado. Ao todo, foram divulgados dez levantamento nacionais na disputa eleitoral pelo Palácio do Planalto. Em todos eles, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se manteve na liderança.

O petista apareceu sempre à frente dos seus principais adversários: o atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (PL), o ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sergio Moro (Podemos), o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) e do governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

As duas mais recentes pesquisas foram divulgadas nesta semana. Nesta sexta (11), pesquisa Ipespe mostrou Lula na liderança, com 43% das intenções de voto. Bolsonaro aparece em segundo lugar, com 25%. Ciro e Moro vêm na sequência, ambos com 8%, e empatam dentro da margem de erro com Doria, que ficou com 3%.

Embora Lula lidere com folga, o ex-presidente não conseguiria sair vitorioso no primeiro turno, já que tem 43% dos votos e seus adversários somam mais de 46%. Para dispensar a necessidade do segundo turno, o petista teria que ter um percentual maior que todos os demais candidatos juntos.

A pesquisa Ipespe foi realizada entre os dias 7 e 9 de fevereiro e ouviu mil pessoas com 16 anos ou mais em todas as regiões do país. A coleta das opiniões foi feita por telefone, e a margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos, com índice de confiança de 95,5%. O levantamento foi encomendado pela XP Investimentos e registrado junto à Justiça Eleitoral sob o protocolo BR-03828/2022.

Na pesquisa espontânea, quando os entrevistados não recebem uma lista de candidatos, Lula aparece com 36% das intenções de voto. Bolsonaro fica em segundo lugar, com 24%, enquanto 25% dos entrevistados não responderam ou não souberam responder. Moro e Ciro atingiram 4% dos votos e Doria, 1%. Os demais candidatos não pontuaram. Brancos e nulos foram 5%.

O levantamento perguntou aos entrevistados a probabilidade de votos em cada candidato. No caso do ex-presidente Lula, 43% disseram que votariam nele com certeza. O mesmo percentual de pessoas disse que não votaria no petista de jeito nenhum, enquanto 13% afirmaram que poderiam votar nele.

Os resultados de Bolsonaro mostram que 62% dos entrevistados não votariam nele de jeito nenhum. Outros 26% dizem que votariam com certeza no presidente e 8%, que poderiam votar.

Simulações de segundo turno

A pesquisa Ipespe também fez a simulação de cenários para o segundo turno. O ex-presidente Lula sai vencedor em todos em que é citado. Contra Bolsonaro, o petista teria 54% dos votos contra 31% do adversário. Nesse cenário, branco, nulos, não sabem ou não responderam somam 15%.

Veja os cenários de segundo turno testados:

- Lula (54%) x Bolsonaro (31%)

- Lula (51%) x Moro (31%)

- Lula (50%) x Ciro (24%)

- Lula (53%) x Doria (18%)

- Ciro (45%) x Bolsonaro (33%)

- Doria (40%) x Bolsonaro (34%)

- Moro (32%) x Bolsonaro (30%)

Genial/Quaest

Outra pesquisa divulgada nesta semana é a da Genial/Quaest - divulgada na quarta-feira (9). O levantamento mostra uma considerável queda de Bolsonaro na região Nordeste. No início do ano, o presidente esperava aumentar a popularidade na região com o Auxílio Brasil, o que não ocorreu.

Bolsonaro foi criticado por falar em "pau de arara" para se referir a moradores da região durante live presidencial no último dia 3. Ao todo, 61% dos nordestinos disseram não estar contentes com o trabalho realizado pelo chefe do Executivo.

De acordo com o levantamento, o avanço da avaliação negativa de Bolsonaro na região foi de 5 pontos percentuais e alcançou de novo o pior patamar. A mesma pesquisa aponta que o ex-presidente Lula tem 45% das intenções de voto, mesmo patamar da pesquisa anterior do mesmo instituto, divulgada no dia 12 de janeiro deste ano.

No principal cenário testado, com mais candidatos, a soma de todos os adversários de Lula é de 42%, o que deixa o petista com a possibilidade de vitória no primeiro turno.

No segundo cenário, todas as variações ocorrem dentro da margem de erro, de 2 pontos percentuais para mais ou para menos: Lula fica com 45%; Bolsonaro, 24%; Moro, 9%; Ciro, 8%; e Doria, 3%. Além disso, o petista também aparece como vencedor em todos os cenários de 2º turno testados.

A pesquisa Genial/Quaest entrevistou 2 mil pessoas pessoalmente em todas as unidades da federação. A margem de erro do levantamento é de 2 pontos percentuais e o índice de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número BR-08857/2022. Leia a íntegra.

Lula x Bolsonaro

Detalhamento de pesquisa PoderData divulgado no último dia 7 mostrou o avanço de 9 pontos percentuais de Lula entre eleitores que declararam ter votado em Bolsonaro no segundo turno das eleições de 2018.

Se as eleições de 2022 fossem hoje, um em cada cinco eleitores (21%) do atual presidente votaria no pré-candidato do PT. Ainda segundo o levantamento, Moro herdaria 10% dos eleitores bolsonaristas que se dizem arrependidos.

Os percentuais de votos do ex-capitão que migrariam para seus dois principais adversários mudaram significativamente em comparação ao último levantamento da PoderData. Pela pesquisa realizada entre 16 e 18 de janeiro, Lula e Moro tinham os mesmos 12% dos votos de bolsonaristas arrependidos.

Levantamos todas as outras pesquisas eleitorais nacionais registradas na Justiça Eleitoral até a publicação desta reportagem. Em todas elas, Lula aparece na liderança. A tendência geral é de estabilidade.

Leia todas as pesquisas eleitorais nacionais de 2022

1º de fevereiro de 2022: Paraná Pesquisas, contratada pela BGC Liquidez Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários, com 2020 eleitores, com margem de erro de dois pontos percentuais, inscrita com o código BR-09055/2022 no Tribunal Superior Eleitoral:

Leia aqui: Paraná Pesquisas: Lula tem 11 pontos de vantagem sobre Bolsonaro;

1º de fevereiro de 2022: PoderData, com 3.000 eleitores, com margem de erro de dois pontos percentuais, inscrita com o código BR-09445/2022 no Tribunal Superior Eleitoral:

Leia aqui: PoderData: Lula segue na liderança com ampla vantagem sobre Bolsonaro;

25 de janeiro de 2022: Ipespe, contratada pela XP Investimentos, com 1.000 eleitores, com margem de erro de 3,2 pontos percentuais, inscrita com o código BR-06408/2022 no Tribunal Superior Eleitoral:

Leia aqui: Lula segue na liderança e está perto de ganhar eleição no 1º turno, diz pesquisa Ipespe;

21 de janeiro de 2022: Futura, contratada pelo Banco Modal S/A, com 2.000 eleitores, com margem de erro de 2,2 pontos percentuais, inscrita com o código BR-08869/2022 no Tribunal Superior Eleitoral:

Leia mais: Lula é o único candidato que venceria Bolsonaro no 2º turno, diz pesquisa Futura/ModalMais;

18 de janeiro de 2022: PoderData, com 3000 eleitores, com margem de erro de dois pontos percentuais, inscrita com o código BR-02137/2022 no Tribunal Superior Eleitoral:

Leia aqui: PoderData: Lula vai a 42% e pode ganhar no 1º turno;

13 de janeiro de 2022: Ideia Big Data, contratada pela Exame, com 1.500 entrevistas, com margem de erro de três pontos percentuais, inscrita com o código BR-03460/2022 no Tribunal Superior Eleitoral:

Leia aqui: Exame/Ideia: Lula cresce e vence todos no 2º turno;

12 de janeiro de 2022: Ipespe, contratada pela XP Investimentos, com 1.000 eleitores, com margem de erro de 3,2 pontos percentuais, inscrita com o código BR-09080/2022 no Tribunal Superior Eleitoral:

Leia aqui: Com 44% das intenções de voto, Lula pode vencer eleição no 1º turno, aponta pesquisa Ipespe;

9 de janeiro de 2022: Quaest, contratada pela Genial Investimentos, com 2.000 eleitores, com margem de erro de dois pontos percentuais, inscrita com código BR-00075/2022 no Tribunal Superior Eleitoral.

Leia aqui: Eleições 2022: Lula tem 45% no 1º turno e lidera todos os cenários de 2º, segundo Genial/Quaest


Voltar


Comente sobre essa publicação...