Semana On

Quarta-Feira 25.mai.2022

Ano X - Nº 488

Legislativo

Kemp alerta para desmatamento da Mata Atlântica em MS e cobra fiscalizações

Estado é líder na derrubada deste bioma com mais de 3.200 hectares desmatados só em 2021

Postado em 08 de Fevereiro de 2022 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Relatório do instituto SOS Mata Atlântica, apresentando em tribuna pelo deputado Pedro Kemp (PT), apresentou dados sobre o desmatamento da Mata Atlântica no Brasil e elencou Mato Grosso do Sul como líder na derrubada deste bioma com mais de 3.200 hectares desmatados só em 2021.

De acordo com o parlamentar, o levantamento levou em conta a região entre as bacias do Rio Miranda e Rio Aquidauana, sendo o maior desmatamento registrado no município de Nioaque. “O estudo é feito com equipamento muito preciso, com imagens de alta resolução, portanto bastante confiável e os dados nos preocupam muito. Nós temos hoje no mundo inteiro essa preocupação ambiental na pauta dos governos e sociedades civis, entidades que fazem essa vigilância e o mundo hoje está consciente da necessidade de preservação”, argumentou o deputado.

Kemp ainda contextualizou que atualmente estamos assistindo a diversos desastres ambientais, que interferem no clima, nas vidas das comunidades, que colocam em risco a sobrevivência da espécie humana decorrentes das ações humanas de desmatamento. “Temos uma pandemia ocorrendo, que inclusive alguns responsabilizam a agressão do meio ambiente e a colocam que podem ser o resultado disso”, afirmou.

Para tanto, o parlamentar apresentou indicação para os órgãos fiscalizadores como Ibama, Imasul e também Ministério Público do Meio Ambiente, solicitando procedimentos de acompanhamento dessa questão. “Para que então tenhamos uma vigilância maior sobre esse bioma tão importante que ainda temos em Mato Grosso do Sul”, finalizou.


Voltar


Comente sobre essa publicação...