Semana On

Quarta-Feira 18.mai.2022

Ano X - Nº 487

Campo Grande

Prefeitura garante promoção a 983 guardas civis metropolitanos

A ação atende uma reivindicação de mais de uma década da categoria

Postado em 08 de Fevereiro de 2022 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Prefeitura de Campo Grande publicou em edição extra do Diário Oficial de Campo Grande, no último dia 7, o reenquadramento hierárquico da Guarda Civil Metropolitana. A ação atende uma reivindicação de mais de uma década da categoria e beneficia 983 servidores da Guarda Civil Metropolitana.

Foram reenquadrados 514 agentes de Segunda Classe a Primeira Classe e 469 agentes de terceira classe para segunda classe. O reposicionamento funcional foi aplicado aos servidores que atenderam os requisitos de escolaridade e assiduidade funcional, para os fins de cumprimento de cronograma de implantação de enquadramento na carreira previsto no art.64, inciso l, alínea “b”, e atendimento do percentual mínimo previsto no art.12, inciso ll, ambos da Lei Complementar n.358, de 29 de agosto de 2019.

“Estamos corrigindo uma injustiça jurídica de mais de uma década, que vem da criação da Guarda Civil Metropolitana. Tivemos problemas para a aplicação por conta da pandemia e hoje conseguimos efetivar este anseio antigo da categoria”, explicou o prefeito Marquinhos Trad.

A Prefeitura de Campo Grande tem investido em segurança pública, o que levou a Capital ao posto de cidade mais segura do País, segundo Ranking Connected Smart Cities, elaborado com base em dados de 677 cidades, com mais de 500 mil moradores. A Capital sul-mato-grossense recebeu a avaliação com base no melhor desempenho quanto ao número de homicídios, morte no trânsito, despesa com segurança, agentes por habitantes, monitoramento de riscos e centro de controle e operações.

Os números são resultados de um investimento crescente em recurso humano, estruturas e ferramentas de trabalho. A Prefeitura realizou concurso público e novos guardas reforçarão a segurança da Capital em 2022. Além disso, toda a frota da Guarda foi renovada.

Hoje, há uma gerência da guarda em cada região da cidade. Praticamente, todo o efetivo foi capacitado para o uso de arma letal e não letal. A Guarda Municipal chegou ao índice de 94%, de 1.100 servidores. Em 2017, apenas 13% do efetivo era capacitado.

Foram adquiridos R$ 880 mil em munição, sendo 80 mil munições calibre 38, 65 mil munições .40 e 8 mil munições calibre 12. Também houve a aquisição de 40 coletes balísticos, investimento de R$ 82 mil. Hoje a Guarda tem à disposição 220 coletes que foram adquiridos ao longo dos últimos 5 anos de gestão. Eles têm durabilidade de 5 anos, e já para o próximo ano serão comprados mais 100 coletes. Houve ainda a aquisição de 35 rádios portáteis de comunicação.


Voltar


Comente sobre essa publicação...