Semana On

Quarta-Feira 25.mai.2022

Ano X - Nº 488

Mato Grosso do Sul

Governo firma parceria com Senai para cursos de qualificação profissional em escolas de cinco cidades

A intenção é qualificar estes estudantes para o mercado de trabalho

Postado em 08 de Fevereiro de 2022 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Dentro do novo formato do Ensino Médio, o governador Reinaldo Azambuja firmou parceria com o Senai, para oferecer cursos de qualificação profissional nas escolas da rede estadual de ensino das cidades de Aral Moreira, Bataguassu, Cassilândia, Jaraguari e Ponta Porã. A intenção é qualificar estes estudantes para o mercado de trabalho.

“O Novo Ensino Médio vai ter um tempo disponível para quem optar por cursos de ensino profissionalizantes. Para isto, faremos nossa parte oferecendo cursos que tem sintonia com a nossa realidade industrial. Esta qualificação do Senai será uma parceria público-privada que vai dar bons resultados”, descreveu o governador.

Desta forma, abre oportunidade ao jovem que já pretende ingressar no mercado, após o ensino médio. “Nós construímos uma política industrial duradoura, que precisa de qualificação da mão de obra. Muitas vezes o jovem já quer se inserir neste mercado e garantir o seu emprego. Esta parceria (Senai) ainda iremos estender para outras cidades”, garantiu.

A secretária de Educação, Maria Cecília Amendola, explicou que o novo ensino médio prevê mil horas aula ao estudante por ano, sendo 600 (horas) nas disciplinas formais e 400 para os “Itinerários Formativos”, que entre eles está o ensino técnico profissionalizante. “Nesta área podemos fazer parceria com o Senai, que vai disponibilizar uma estrutura, que poderá se deslocar de uma cidade para outra”.

Qualificação Profissional

O Senai vai oferecer para as escolas estaduais destas cinco cidades os cursos de Agronegócio, Administração e Informática para Internet. Para isto vai dispor de laboratório móvel (carreta), que poderá ficar em frente ou dentro da escola escolhida. Serão investidos para os três anos, R$ 235 mil para cada turma, por meio de recursos do Fundeb.

“O desenvolvimento do Estado também passa pela qualificação profissional. As empresas buscam esta mão de obra qualificada. Esta parceria nos deixa feliz, porque estamos fazendo nossa parte. Este é um ato muito importante para o Estado. Vamos iniciar este piloto em cinco municípios, mas a intenção é avançar para as demais cidades”, afirmou o presidente da Fiems (Federação das Indústrias de MS), Sérgio Longen.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Corrêa, destacou que esta parceria vai trazer resultados positivos ao Estado. “A Educação acerta ao propor esta qualificação profissional aos estudantes, que é de suma importância aos jovens, para ter condições de entrar no mercado de trabalho. Em sintonia com o melhor período de desenvolvimento do Estado”.

Participaram da solenidade, também, o secretário-adjunto da Educação, Édio Castro e o diretor regional do Senai, Rodolpho Caesar Mangialardo.


Voltar


Comente sobre essa publicação...