Semana On

Quinta-Feira 11.ago.2022

Ano X - Nº 499

Campo Grande

Em um ano de segundo mandato, Marquinhos Trad cumpriu totalmente sete das 32 promessas feitas durante a campanha

Prefeito cumpriu parcialmente 11 promessas. Levantamento exclusivo do G1 mostra, ainda, que 14 delas não foram cumpridas

Postado em 05 de Janeiro de 2022 - Anderson Viegas - G1 MS

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Em um ano após iniciar o segundo mandato à frente da prefeitura de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) cumpriu totalmente sete das 32 promessas feitas durante a campanha eleitoral em 2020, o que corresponde a 21,87% do total. Além disso, o prefeito cumpriu parcialmente 11 promessas, o que equivale a 34,37%.

Confira os status das promessas de Marquinhos Trad

Faltando três anos para concluir a sua segunda passagem como titular do Poder Executivo em Campo Grande, Marquinhos Trad ainda não cumpriu 14 promessas, o que representa 43,75% de tudo o que foi prometido.

É o que aponta o levantamento exclusivo do G1, que monitora o que pode ser cobrado e medido do que foi prometido pelo prefeito de Campo Grande, tanto no programa de governo registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) quanto em sua página oficial de campanha na internet e em redes sociais.

Ao visitar a página especial, é possível verificar todas as 32 promessas de Trad e conferir o status de cada uma delas em janeiro de 2022, um ano após o início da segunda gestão.

Também é possível visualizar a explicação sobre cada uma das atualizações, com base nas respostas das secretarias municipais e no que foi apurado pela equipe de reportagem do portal.

Áreas com mais promessas

Das 32 promessas feitas por Trad, oito são da área de infraestrutura, das quais duas foram cumpridas. Há, ainda, outras três com cumprimento parcial e três que não avançaram. Entre as cumpridas estão a da implantação de redutores de velocidade e placas na avenida Guia Lopes, no distrito de Rochedinho.

Entre as executadas em parte está a de reformar o quadrilátero entre as avenidas Mato Grosso, Fernando Correa, Calógeras e a rua Padre João Crippa. Na lista das que não foram cumpridas ainda está a de construção novas vias de acesso ao aeroporto internacional Ueze Zahran e às Moreninhas.

A segunda área com mais promessas é a educação e cultura, com seis. Uma foi cumprida, uma em parte e quatro ainda não cumpridas.

Em três ainda não implementadas: oferecer aulas de inglês desde a 1ª série do ensino fundamental, implantar programa de recuperação paralela para alunos da Reme e ampliar em 20% projetos de esporte, arte e cultura nas escolas, a prefeitura justificou que em razão da pandemia de Covid-19 as ações de ampliação de projetos pedagógicos foram suspensas, mas que devem ser retomadas em 2022.


Voltar


Comente sobre essa publicação...