Semana On

Terça-Feira 17.mai.2022

Ano X - Nº 487

Campo Grande

Barreiras abordaram mais de 20 mil pessoas, vacinaram 1,3 mil contra a Covid-19 e realizaram 72 testes

Instaladas no Aeroporto Internacional de Campo Grande e no Terminal Rodoviária, elas colaboram para a proteção do cidadão

Postado em 17 de Dezembro de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

As barreiras sanitárias instaladas no Aeroporto Internacional de Campo Grande e no Terminal Rodoviária abordaram mais de 20 mil pessoas, vacinaram aproximadamente 1,3 mil contra a Covid-19 e realizaram 72 testes para detecção da doença.

O primeiro ponto de abordagem preventiva entrou em funcionamento no aeroporto na última quarta-feira, dia 08 de dezembro. Diariamente de 1,5 mil a 2 mil passageiros vindos de diversas cidades do país desembarcam no local. Do dia 8 a 15 de dezembro, foram mais de 15 mil pessoas abordadas, 702 vacinas contra a Covid-19 aplicadas e 46 testes de antígeno realizados. Apenas um resultado positivo detectado de um morador de Campo Grande que foi até o local somente para realizar a testagem.

No Terminal Rodoviário, onde também circulam de 1 mil a 1,5 mil pessoas por dia, o trabalho da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) teve início oficialmente na segunda-feira, dia 13 de dezembro. Até o último dia 15, foram mais de 7  mil pessoas abordadas, 657 vacinas aplicadas e 26 testes. Nenhum positivo.

“As barreiras cumprem um papel fundamental que é fazer a triagem destes passageiros para que a gente possa identificar casos suspeitos, além de oferecer a vacina para aqueles que estão com a segunda ou terceira dose em atraso ou até mesmo ainda não se vacinaram. É uma forma de enfrentarmos o avanço de novas variantes e assim proteger a nossa população”, comenta o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho.

O objetivo é identificar eventuais passageiros de outros estados e países que possam estar contaminados com o Coronavírus e fazer o monitoramento  destes passageiros a fim de conter o ingresso de novas variantes em nosso Município.

A dinâmica, tanto no aeroporto quanto na rodoviária, é a mesma. Os técnicos da Sesau fazem a abordagem e a triagem inicial do passageiro na sala de desembarque e indicam  o local para realização do teste de antígeno (Swab), que fica pronto  de 15 a 20 mínutos e possui alto grau de confiabilidade.

Neste período, o passageiro recebe orientações sobre a importância da manutenção das chamadas medidas não farmacológicas, como uso da máscara, lavagem adequada das mãos e distanciamento social, bem como será verificada a sua situação vacinal. Caso o resultado do teste seja positivo, o passageiro será orientado a ficar em quarentena e passará a ser monitorado pelas equipes do Município.

A realização das barreiras foi determinada pelo prefeito Marquinhos Trad, após reunião realizada  no fim de novemboro com técnicos da Sesau para discutir medidas a serem implementadas para conter um possível aumento no número de casos e a circulação de novas variantes da Covid-19 no Município.

A adoção de novas medidas ocorre diante do alerta feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS) quanto à circulação da variante B.1.1.529 do coronavírus, conhecida por ômicron, que foi identificada na África do Sul, e já teve casos em investigação relatados em vários países, inclusive no Brasil.


Voltar


Comente sobre essa publicação...