Semana On

Segunda-Feira 16.mai.2022

Ano X - Nº 487

Coluna

Sem luz no fim do túnel

Finalizamos o ano empacados entre a extrema direita e uma esquerda incapaz de assumir seus erros e de assumir um papel renovador

Postado em 16 de Dezembro de 2021 - Raphael Tsavkko Garcia

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A crise da intelectualidade tem acompanhado a situação política do Brasil como um todo, ou seja, está cada vez mais enterrada em um profundo buraco. Em 2017, eu disse que a situação do Brasil era “desesperadora e com poucas possibilidades de vermos uma luz no fim do túnel no curto e médio prazo,” e acredito que, infelizmente, estava certo – e continuo certo.

Não se trata apenas da vitória de Bolsonaro – que em 2017 eu já apontava como “verdadeiro apocalipse” – mas da própria esquerda que se mostrou e se mostra incapaz de pensar em alternativas dentro de sua imensa crise.

Chegamos ao fim de 2021 com um cenário muito parecido ao de 2017: falência ideológica de PSDB e PMDB, extrema-direita enquanto representação de um apocalipse (e as mais de 600 mil mortes por Covid deixam isso claro). Na esquerda o PT novamente apostando em Lula e incapaz de assumir sua responsabilidade pela situação política em que nos encontramos – e o PSOL sempre em seu papel de linha auxiliar. Não nos movemos, ou melhor, apenas seguimos caindo para o fundo de um poço sem fundo.

PAPO COM O IHU

“O processo eleitoral de 2022 se tornou uma batalha de todos contra Bolsonaro e nada mais”, disse em entrevista concedida por e-mail ao Instituto Humanitas Unisinos. “Se por um lado derrotar Bolsonaro é um dever de primeira grandeza, por outro o PT é parte imensa do problema que explica a falta de alternativas... sem dúvida derrotar Bolsonaro é uma tarefa importante, talvez a mais importante, mas qualquer um que assuma estará apenas governando por inércia e sem qualquer tipo de projeto – e isso vale especialmente para a esquerda que cada vez mais se afastou de suas bandeiras históricas”. LEIA AQUI.

LÁ NA FRANÇA

E ela mora na França....

Poucas figuras são mais patéticas que essa daí.

AH O CARINHO DA TORCIDA!

Em tempo: o PT é um antro de gente vigarista que passa por cima de tudo pra ganhar eleição. E depois que ganha manda exército pra favela, Força Nacional pra atacar indígenas (Belo Monte), militante pra apoiar repressão da PM, etc.


Voltar


Comente sobre essa publicação...