Semana On

Terça-Feira 24.mai.2022

Ano X - Nº 488

Mato Grosso do Sul

Reinaldo Azambuja autoriza investimentos de R$ 7,9 milhões para saúde e educação de Maracaju

Novo curso de Agronomia da UEMS vai alavancar perfil da região, disse o governador

Postado em 10 de Dezembro de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Em um investimento de R$ 7,94 milhões, o governador Reinaldo Azambuja autorizou nesta sexta-feira (10), em uma cerimônia na Câmara Municipal, repasses de recursos e investimentos nas áreas de saúde e educação e entregas de equipamentos em Maracaju. No ensino, os investimentos são para a Agronomia da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul).

Para a estreia do curso, o governador autorizou pagamento de bolsas para os docentes (investimento anual de R$ 475 mil), a contratação do Senai para realização das aulas laboratoriais durante o período de 3 anos (R$ 600 mil/ano) e apoio para despesas de alimentação, combustível e hospedagens dos funcionários por 6 anos.

Reinaldo Azambuja destacou que o novo curso vai ajudar a aperfeiçoar o perfil da região. "É importante a Agronomia em Maracaju. É mais oportunidade aos estudantes. Quero alertar que a inscrição para o vestibular vai até 20 de dezembro. Hoje, para vocês terem uma ideia, já tem 15 candidatos para uma vaga. Então, está bem concorrido. E aquele que não está concorrendo que se inscreva porque no dia 8 de janeiro é o vestibular. O curso de agronomia vai mudar muito o perfil da região, criando os bons profissionais, engenheiros agrônomos, que vão atuar no setor produtivo, melhorando as condições de desenvolvimento local, tendo mais pessoas formadas, de nível superior”, disse.

Em todo o Estado, a instituição terá novos cursos em quatro cidades em 2022. Em Jardim, a estreia será do curso de Tecnologia em Logística.  Sistemas de Informação será o novo curso de Nova Andradina. Já Mundo Novo e Maracaju recebem o curso de Agronomia.

Os cursos de Tecnologia em Logística e Sistemas de Informação serão em período noturno, cada um com 20 vagas totais, já contabilizando as cotas. Já os cursos de Agronomia, das unidades de Maracaju e Mundo Novo, serão ofertados em período integral, cada um com 26 vagas.

No Vestibular 2022 da UEMS serão ofertadas 1.191 vagas em 58 cursos, em 14 municípios. As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, até às 23h59 do dia 20 de dezembro de 2021.

Para o prefeito José Marcos Calderan, a implantação do curso de Agronomia vai ao encontro da vocação do município. "Sei que a luta é antiga. A comunidade lutava por esse curso porque a cidade é a mais produtiva".

Saúde

Reinaldo Azambuja também repassou R$ 1,2 milhão para o Fundo Municipal de Saúde de Maracaju para auxiliar nas despesas dos atendimentos das especialidades médicas e R$ 300 mil em parcela única para a Associação Beneficente de Maracaju – Hospital Soriano Corrêa da Silva, para custeio de ações em saúde. 

Além disso, ele apresentou os repasses estaduais que compõem a Caravana da Saúde em Maracaju: R$ 1,3 milhão para "Opera MS" e R$ 490 mil para o "Examina MS".

Lançada no início deste mês, a retomada da Caravana da Saúde está atendendo pacientes credenciados ao programa em Mato Grosso do Sul.  Nesta edição, o programa está dividido em duas modalidades com os projetos: Opera MS e Examina MS, com atendimentos exclusivos em unidades hospitalares e clínicas médicas de todo o Estado. 

O secretário Geraldo Resende lembrou da luta contra a Covid-19 e da importância da vacinação para enfrentar a pandemia. "Durante oito meses, Mato Grosso do Sul figurou na primeira posição da vacinação", destacou.

Já o secretário Eduardo Riedel (Infraestrutura) falou da implantação da regionalização da saúde em Mato Grosso do Sul, reduzindo a distância do cidadão das unidades hospitalares. "Nos últimos anos essa estrutura de saúde mudou".

Também participaram do evento os deputados federais Beto Pereira e Vander Loubet; os deputados estaduais Mara Caseiro, Zé Teixeira, Marçal Filho, Gerson Claro e Herculano Borges; o reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho; o presidente da Câmara, Robert Ziemann; e o secretário municipal de Saúde, Thiago Olegário Caminha, além de diversos vereadores e empresários, entre outras autoridades.


Voltar


Comente sobre essa publicação...