Semana On

Sexta-Feira 12.ago.2022

Ano X - Nº 499

Coluna

Slow Food

Uma deliciosa receita de maionese de pequi.

Postado em 04 de Março de 2015 - Vera Chaves

O pequi, muito além do arroz com galinha. O pequi, muito além do arroz com galinha. Foto: Elis Regina

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Comer é fundamental. A forma como nos alimentamos tem profunda influência no que nos rodeia - na paisagem, na biodiversidade da terra e nas suas tradições. Para um verdadeiro gastrônomo é impossível ignorar as fortes relações entre prato e planeta. Além disso, melhorar a qualidade da nossa alimentação e arranjar tempo para a saborear, é uma forma simples de tornar o nosso cotidiano mais prazeroso. Esta é a filosofia do Slow Food.

Fundado por Carlo Petrini em 1986, o Slow Food se tornou uma associação internacional sem fins lucrativos em 1989. Atualmente conta com mais de 100 mil membros e tem escritórios na Itália, Alemanha, Suíça, Estados Unidos, França, Japão e Reino Unido, e apoiadores em 150 países.

O princípio básico do movimento é o direito ao prazer da alimentação, utilizando produtos artesanais de qualidade especial, produzidos de forma que respeite tanto o meio ambiente quanto as pessoas responsáveis pela produção, os produtores.

O Slow Food opõe-se à tendência de padronização do alimento no Mundo, e defende a necessidade de que os consumidores estejam bem informados, se tornando coprodutores.

Convívio é o nome dado aos grupos locais do Slow Food. Os Convívios articulam relações com os produtores, fazem campanhas para proteger alimentos tradicionais, organizam degustações e palestras, encorajam os chefs a usar alimentos regionais. E, o mais importante: cultivam o gosto ao prazer e à qualidade de vida no dia-a-dia.

Seguindo a proposta slow, trouxe uma deliciosa receita de salada de batata com maionese e pequi.

Maionese de Pequi

Ingredientes

- 1 kg de batatas cozidas cortadas em rodelas finas

- sal e pimenta do reino moída na hoa a gosto

- vinagre a gosto

- 6 ovos (4 cozidos e 2 crus)

- óleo de soja ou milho 

- polpa de pequi a gosto

Modo de fazer

- Tempere as batas com sal, pimenta do reino e um pouquinho de vinagre. Reserve.

- Coloque no liquidificador as gemas cozidas mais os dois ovos crus. Vá colocando óleo até emulsionar. Junte a polpa  de pequi, batendo sempre. Tempere com sal e gotinhas de vinagre.

- Misture esse creme nas batatas. Decore com salsinha fresca  e as claras cozidas picadas.

- Sirva gelado.

Dica da Vera

Vá colocando a polpa de pequi aos poucos, pois o sabor acentuado da fruta .


Voltar


Comente sobre essa publicação...