Semana On

Terça-Feira 17.mai.2022

Ano X - Nº 487

Mato Grosso do Sul

UEMS de Mundo Novo ganha curso de Agronomia e investimento de R$ 7 milhões para ampliação

Novo curso será presencial e vai dispor de 50 vagas, que vão contemplar os estudantes e a população das regiões do Cone-Sul e Sul-Fronteira

Postado em 01 de Dezembro de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Com foco na valorização e ampliação do ensino superior público no Estado, o governador Reinaldo Azambuja lançou o novo curso de Agronomia da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) em Mundo Novo e também anunciou novos investimentos para ampliar estrutura e criar novo laboratório na unidade.

O novo curso de Agronomia será presencial e vai dispor de 50 vagas, que vão contemplar os estudantes e a população das regiões do Cone-Sul e Sul-Fronteira. A unidade passa a ter três cursos à disposição, antes já contava com Ciências Biológicas e Tecnologia em Gestão Ambiental.

“Hoje é um sonho que está se tornando realidade. Este curso de agronomia é uma luta de muito tempo, desde 2006. São 50 vagas, a inscrição termina 20 de dezembro e o vestibular é dia 8 de janeiro. O planejamento daqui cinco anos é chegar a 5 milhões de área plantada no Estado e vamos precisar de novos engenheiros agrônomos, para fortalecer a estrutura no campo, trazer o conhecimento que vem das universidades, pois a pesquisa orienta o produtor”, descreveu o governador.

Ainda destacou que os investimentos em educação são prioridade da sua gestão. “Quando se investe em educação quem ganha é a sociedade que dispõe de um aprendizado melhor. Nós aumentamos 2,5 mil vagas na Universidade, não é pouca coisa, mesmo em pandemia e recessão na economia. A Universidade tem papel fundamental no desenvolvimento do Estado”.

Convênio

O governador também assinou ordem de serviço para construção do Parque Analítico e Herbário na unidade de Mundo Novo, obra que conta com a parceria com a Itaipu Binacional. Do valor total de R$ 7,8 milhões, R$ 5,09 milhões serão repassados pela Usina e R$ 2,7 milhão em recursos estaduais.

O convênio foi firmado em agosto do ano passado para que a haja a instalação do Herbário e o laboratório de fertilidade do solo. Para isto haverá a ampliação de 500 m² de área construída na Universidade e também serão comprados mais de 70 equipamentos, além de um micro-ônibus, moto gerador e um novo transformador. O projeto ainda dispõe da construção de hidrantes.

O primeiro da UEMS, o herbário tem como função documentar a biodiversidade da flora da região, sendo importante para pesquisas de todo o País, assim como servir de base para políticas públicas de preservação do meio ambiente no Estado.

“Este novo laboratório será importante para UEMS e ao Estado, pois vai tratar do solo e da água. Temos que ressaltar ainda esta parceria com a Itaipu, como na recuperação do Rio Iguatemi, assoreamento, replantio das matas ciliares, diminuição das erosões, além da rota bioceânica, que vai dar ordem de serviço para construção da ponte sobre o Rio Paraguai”, ressaltou o governador.

O reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho, agradeceu o apoio a os investimentos do Estado. “Se eu fosse elencar tudo que o governador já fez pela Uems, ficaríamos aqui o dia inteiro, pois sua gestão foi a que mais fez pela Universidade, e agora ainda concedeu as melhorias e avanços nas carreiras dos servidores da Universidade. Hoje a Uems é uma das melhores universidades do Brasil”.


Voltar


Comente sobre essa publicação...