Semana On

Sexta-Feira 03.dez.2021

Ano X - Nº 470

Mato Grosso do Sul

Referência nacional, nova sede do DOF em Dourados está com mais da metade da obra concluída

Previsão é de entrega em agosto de 2022, afirma o Governo do Estado

Postado em 24 de Novembro de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Em ritmo acelerado, as obras da nova sede do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), em Dourados, estão 51% executadas.  No local, os trabalhadores atuam na fase de conclusão do reboco para iniciar a fase de acabamentos. A previsão é de que as obras sejam entregues em agosto de 2022.

De acordo com o diretor do DOF, coronel Wagner Ferreira da Silva, a nova estrutura será um divisor de águas na segurança pública de Mato Grosso do Sul. “Trata-se de um plano ousado do Governo do Estado, que vai possibilitar a ampliação de tecnologias, efetivo e serviço de inteligência no combate à criminalidade. É o reconhecimento desse órgão que atua há 34 anos em MS e é referência nacional”, ressaltou, lembrando que além da nova sede, o Estado trabalha para a aquisição de mobiliários novos e toda rede tecnológica como computadores e rede de internet.

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel, a nova sede será um importante instrumento de combate à criminalidade. “A atual sede do DOF tem 25 anos e ficou pequena. Como a área de atuação do Departamento aumentou desse tempo para cá, precisávamos de um complexo moderno para atender toda a demanda”, afirmou.

O secretário disse ainda que a obra faz jus a atuação dos policiais, que na ausência das forças federais, são os únicos presentes na fronteira, e há muito tempo vem realizando, junto com as outras forças de segurança, as maiores apreensões de drogas do País, a exemplo da apreensão recorde de 33,3 toneladas maconha, no final do mês de agosto do ano passado.

Nova sede

O prédio, que terá 1.434 m², será erguido em um terreno de 17.400 m² na Marginal Guaicurus, conhecida como prolongamento da Rua Coronel Ponciano, materializando um sonho de mais de 30 anos.

Para o governador Reinaldo Azambuja, a atual sede ficou pequena para o tamanho das operações do DOF. "Ela tem mais de 25 anos. Como a área de atuação do DOF aumentou desse tempo para cá, precisávamos de um complexo moderno para atender toda a demanda”, explicou.

Segundo o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, o DOF se tornou case de sucesso no País e merece uma estruturação à altura. “Com um modelo de integração junto a Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira), prestamos o melhor serviço para Mato Grosso do Sul e resto do País”, completou.

Com R$ 5,1 milhões de recursos do Estado, o moderno complexo policial vai abrigar as estruturas administrativas e operacionais do DOF e da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira).

A sede contará com heliponto, auditório, alojamentos, salas de aula, cozinha, refeitório e ambientes administrativos. A unidade policial ainda terá salas de logística, inteligência, investigação e cartórios, entre outras.


Voltar


Comente sobre essa publicação...