Semana On

Sábado 27.nov.2021

Ano X - Nº 469

Mato Grosso do Sul

Com mais de 500 mil doses disponíveis, governador faz apelo para população tomar vacina

Governo do Estado autoriza aplicação da dose de reforço contra Covid-19 em pessoas acima de 18 anos de idade

Postado em 19 de Novembro de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Aos 58 anos, o governador Reinaldo Azambuja recebeu no último dia 17 a terceira dose (reforço) de vacina contra Covid-19 no pavilhão Albano Franco, em Campo Grande, e fez um novo apelo para as pessoas se imunizarem. 

Reinaldo Azambuja ressaltou que Mato Grosso do Sul tem mais 500 mil doses disponíveis, mas que ainda existem adultos sem tomar nem mesmo a primeira dose, além daqueles com a segunda dose atrasada e idosos sem tomar a dose de reforço.

“Tem 216 mil idosos que já poderiam tomar a terceira dose como eu fiz agora. Chegou o meu dia, 58 anos e estou aqui. O que eu entendo: vamos tomar a vacina. A vacina é o antídoto e deve ser buscada por todos nós. Não devemos deixar acontecer em Mato Grosso do Sul o que está acontecendo na Europa”, disse o governador. Ele lembrou que vários países como Áustria e Holanda decidiram impor lockdown por conta do avanço da pandemia.

O governador também voltou a pedir para a população não confundir política com ciência. “Vamos vacinar. É importante. Vacina protege a vida. Vacina não deve ser politizada. Vacina é algo que a ciência criou para nos proteger das doenças. Um exemplo que a gente dá: quando a criança nasce, ela sai com uma carteirinha de vacinação. E o médico pede o que para as mães? Fazer o acompanhamento para proteger a vida dessa criança. E o mesmo é com a Covid”, finalizou.

Reforço

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) autorizou os municípios a aplicarem a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em todos com idade acima de 18 anos, que completaram o esquema vacinal há 4 meses. A decisão ocorreu após o Ministério da Saúde anunciar a ampliação da dose de reforço.

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, enfatizou que a aplicação da dose de reforço é importante para a continuidade do combate à pandemia de Covid-19. “A dose de reforço tem como objetivo amplificar a resposta imune de quem já completou o esquema vacinal. É de extrema importância que a população compareça para tomar a sua dose de reforço”, completou.

Segundo o levantamento realizado pela SES, com base no Vacinômetro MS, Mato Grosso do Sul registrou o percentual de 96,48% de vacinados com a primeira dose de vacina e 85,16% da população a partir de 18 anos imunizada com duas doses ou dose única.

Atualmente, a SES conta com estoque de aproximadamente 349.700 doses de vacinas entre Astrazeneca (18.700), Pfizer (307.000) e Coronavac (24.000), sem contar as 157.971 doses que estão na rede de frio dos municípios. O total em estoque chega a 507.671 doses.

A Secretaria destaca a importância das pessoas que não tomaram a primeira dose da vacina procurarem os postos de vacinação para iniciarem o processo de imunização e também para a aplicação da segunda dose para aquelas pessoas que já tomaram a D1. “A vacinação é a melhor evidência na prevenção de novas catástrofes junto a esta população, onde vidas já foram ceifadas durante a pandemia do Coronavírus”, conclui Geraldo Resende.


Voltar


Comente sobre essa publicação...