Semana On

Terça-Feira 07.dez.2021

Ano X - Nº 470

Auau Miau

Mantenha os pássaros por perto sem privá-los da liberdade

Apreciar aves e tê-las por perto sempre cantando não é algo tão difícil, mesmo para quem mora em ambientes menores. Ter flores e oferecer água e alimentos para as aves fará com que elas se aproximem naturalmente

Postado em 16 de Novembro de 2021 - Renan Silva – IG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Os pássaros são animais belíssimos e é difícil encontrar alguém que não se encante com o canto dessas aves.  Observá-los por si só já é uma excelente forma de diminuir o estresse do dia a dia,  principalmente para quem mora ou trabalha em grandes cidades. Mas nem todo mundo pode sair por aí para explorar e observar os pássaros pela natureza e entram para a categoria de “observadores de jardim”, por isso é sempre bom ter esses animais sempre por perto, mesmo sem sair de casa.

Muitas pessoas têm verdadeira aversão à ideia de manter animais que nasceram para voar e explorar o mundo presos em gaiolas com pouco mais de 30 cm, ou mesmo cortar as asas para que estas não fujam de casa.

Mas também é perfeitamente possível atrair esses animais para mais perto, mesmo para quem vive em apartamentos ou residências que não tem tanto espaço para cultivar um jardim – e os custos serão basicamente os mesmo que o de manter uma gaiola, a diferença é que a ave continuará livre e muito mais feliz.

Como atrair

O primeiro a se fazer para atrair os pássaros para uma casa ou apartamento é oferecer a eles aquilo que gostam, como alimento, água, flores, abrigo e segurança.

Um comedouro pode ser instalado facilmente em uma altura segura, suficiente para que não possa ser acessado por outros animais, como cães, gatos e roedores. Se possível, instalar o comedouro em um local próximo a uma árvore para que fique protegido do sol e, por si só, a árvore já ajudará a atrair a atenção da ave.

Existem diferentes tipos de comedouros estes podem influenciar diretamente nas espécies de pássaros que serão atraídas. Entre os modelos mais comuns estão:

- Comedouro bandeja: são simples e de fácil acesso para as aves, porém ficam mais expostos aos possíveis predadores, roedores, e às intempéries.

- Comedouro casinha: estes liberam o alpiste conforme o pássaro vai comendo e mantém o alimento em um local à parte.

- Comedouro de janela: são fixados ao vidro por meio de ventosas e facilitam ao observador assistir o pássaro enquanto ele se alimenta.

- Comedouros tubulares: esses atraem os beija-flores, que bebem água com açúcar. Algumas pessoas acreditam que o uso de água com açúcar pode prejudicar o pássaro, mas é apenas um mito.

Os comedouros das aves, assim como os recipientes com água, devem ser higienizados frequentemente, removendo os restos dos alimentos e cascas de sementes. A água oferecida aos beija-flores deve ser trocada diariamente e a garrafinha ser lavada com água e cloro uma vez por semana.

Como alimento podem ser oferecidas sementes, frutas, flores ricas em néctar, entre outros alimentos naturais.

Sementes: entre as mais comuns estão o milho, painço vermelho, semilha, colza, nabo, trigo, aveia, girassol, linhaça. Para estas deve se levar em conta também para quais espécies de pássaro se está oferecendo, algumas sementes são apreciadas por determinadas espécies mais do que outras.

Frutas: o ideal é oferecer frutas sempre maduras, cortadas ao meio – sempre preservando a casca e deixando a polpa virada para cima. Pode-se oferecer banana, laranja, mamão, acerola, maçã, pitanga, morango, abacate, entre outras.

Colocar uma fruta em um determinado local não garante que os pássaros serão atraídos de imediato, é preciso insistir e manter sempre uma fruta nova a cada dia, até que eles venham até ela. Também não se deve interromper as ofertas bruscamente, pois as aves já habituadas ao alimento sempre oferecido naquele local podem sofrer causo este a falte.

Alpiste: este é o alimento mais comum quando se pensa em pássaros, a maioria das espécies aprecia o alimento, porém não comem as cascas, que devem ser limpas para que não atraiam outros animais, como roedores.

Plantas e flores: as flores atraem pássaros pelo simples motivo de estarem ali, mas elas também podem fornecer alimento para as aves, como sementes, frutas e néctar. Para beija-flores espécies floríferas mais comuns são: escova-de-garrafa, grevílea-anã, ipê, hibisco, flor-camarão, brinco-de-princesa, sanquésia, entre outras.

Vale a pena pesquisar quais são as aves e plantas naturais da região em que vive para oferecer aquelas que se adequam mais.

Água que passarinho bebe

Além de oferecer a água para que os pássaros possam matar a sede, sempre limpa e fresca, também é interessante ter uma fonte para que as aves possam tomar banhos e se refrescarem nos dias mais quentes.

Para quem tem mais condições, uma ideia interessante é tem fontes que simulem cachoeiras ou cascatas, as aves que estão mais distantes serão atraídas pelo barulho da água. Porém, fontes comuns do tipo “piscininha” também são uma ótima opção e vão garantir um ótimo entretenimento para as aves.

Casinhas e locais para fazer ninho

Cada espécie de pássaro se atrai por um tipo de casinha diferente, o ideal é pensar nisso antes de montar uma, também leve em conta o tamanho do pássaro, para determinar como será a entrada para a casinha.

A casinha deve estar em um local bem ventilado, seguro de predadores – como gatos – e protegidos da chuva. Para um ninho, é ideal deixar materiais naturais para que as aves possam aproveitar, como palhas, tecidos leves, pequenos galhos e folhas secas e por aí vai.

O que não fazer

Pessoas que tenham animais de estimação em casa que podem apresentar perigo para as aves devem tomar bastante cuidado com o local onde irão disponibilizar alimentos, água ou mesmo abrigo para os pássaros.

Também não se deve dar  alimentos com carboidratos para os pássaros , como pães, bolachas e coisas do tipo.

Caso tenha um jardim, não remova as folhas secas com o uso de rastelos, ou corte a grama antes de checar se não há nenhum pássaro no local, eles costumam procurar insetos debaixo das folhagens mortas durante a primavera.

Não use pesticidas, além de matarem fontes naturais de alimento, os produtos químicos podem ser prejudiciais para a saúde dos animais.

Caso tenha mais de uma, mantenha caixas para ninho a uma distância razoável entre uma e outra, aves podem ser territorialistas e pode gerar conflitos entre elas. Evite ao máximo mexer no local depois que os ninhos já estiverem estabelecidos, principalmente quando tiverem ovos.

As aves são bem cautelosas e podem não se aproximar tão rapidamente ao seu pequeno santuário, mas não desista e com o tempo elas ganharão mais confiança e irão abrilhantar o seu jardim, sem que precisem perder a liberdade.


Voltar


Comente sobre essa publicação...