Semana On

Sexta-Feira 03.dez.2021

Ano X - Nº 470

Mato Grosso do Sul

Chegada dos cartões do Mais Social é um alivio para famílias carentes da região Sudoeste

‘Uma benção’, reagiu a diarista Cleuza Miranda, de Bonito, ao receber o benefício de R$ 200

Postado em 16 de Novembro de 2021 - Redação Semana On

Em Guia Lopes, prefeito Jair Scapini e secretária Elisa Cleia entregam cartão a Norma Isabel Em Guia Lopes, prefeito Jair Scapini e secretária Elisa Cleia entregam cartão a Norma Isabel

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Um total de 839 cartões do Programa Mais Social foram entregues pelo Governo do Estado à população de baixa renda das cidades de Nioaque, Guia Lopes da Laguna, Jardim e Bonito, região Sudoeste. A Secretaria Estadual de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) vem cumprindo a meta estabelecida pelo governador Reinaldo Azambuja de concluir até o fim do ano a extensão do benefício a 100 mil famílias.

A diarista Cleuza Miranda, 43, mãe solteira, não conteve as lágrimas ao falar das dificuldades para sustentar os quatro filhos menores de dez ano. Ela mora em Bonito, ganha R$ 400 por mês, quando consegue trabalho, e se sentiu aliviada ao receber o cartão do Mais Social das mãos da secretária Elisa Cleia Nobre, titular da Sedhast, e do prefeito Josmail Rodrigues. Ela disse que estava desesperada por não conseguir levar alimentos para casa.

“Sabe quando você está no fundo do poço, é o que eu sentia, olhando para meus filhos sabendo que eles estão passando fome. Essa ajuda veio em uma hora mais crítica, não sei como agradecer ao nosso governador”, desabafou Cleuza. “O que vinha salvando era a cesta básica que a gente ganhou da prefeitura, mas agora com esse dinheiro vai melhorar tudo. Peço a Deus para abençoar nosso governador por estar fazendo isso pela gente.”

Transparência e controle

A entrega dos cartões, que garantem R$ 200 mensais de compras de alimentos e material de higiene em supermercados, trouxe um alento não apenas para a diarista bonitense, mas para todas as 839 famílias beneficiadas. Norma Isabel, 46, de Guia Lopes da Laguna, disse que o dinheiro vai complementar a renda do marido, diarista em fazenda. “Vai ajudar, e muito!”, comenta. A beneficiária Viviane Nantes, 36, de Jardim, atualmente está desempregada.

“Tenho um filho especial, as despesas com medicação são muito altas, o dinheiro é pouco e não posso trabalhar. A gente enfrenta uma situação muito difícil todos os dias”, conta ela, mãe de quatro filhos e atualmente morando em casa cedida por parentes. “Receber essa ajuda do governo era o meu maior pedido a Deus, pois agora posso fazer uma boa compra e alimentar melhor as crianças”, diz, abraçada ao envelope com o seu cartão do Mais Social.

A secretaria Elisa Cleia Nobre, da Sedhast, explicou de forma didática na visita a estas quatro cidades a mudança do benefício e a forma de pagamento, observando que o novo programa é mais transparente e torna possível um maior controle dos repasses e a maneira como está sendo aplicado por cada família. Ela reafirmou o compromisso do governador Reinaldo Azambuja de liberar em dezembro o pagamento do abono (13º) de R$ 200.

Presente de fim de ano

“Quero dizer a vocês que o nosso secretário Eduardo Riedel, que estava na pasta de gestão do governo e agora é da Infraestrutura, foi quem ajudou o governador Reinaldo Azambuja a criar o Mais Social, definindo, com planejamento, onde buscar os recursos para garantir o pagamento do benefício”, destacou Elisa Nobre. “O Riedel viabilizou esse programa, que agora será ampliado. Ele está preocupado com o futuro de vocês e de Mato Grosso do Sul”, frisou.

Durante a entrega de 105 cartões do Mais Social em Guia Lopes da Laguna, a secretaria anunciou que mais 400 famílias do município serão contempladas. O prefeito Jair Scapini, ao participar do ato, agradeceu a determinação do governador Reinaldo Azambuja de se antecipar às necessidades da população. “É um governo parceiro, em todas as áreas, e agora socorre essas famílias que ficaram desamparadas durante a pandemia”, pontuou.

Em Jardim, a Sedhast entregou 319 cartões, em evento no Centro de Convenções, onde a prefeita Clediane Matzebacher foi representada pela secretária de Governo, Tâmara Pimentel. Em Bonito, 234 famílias foram cadastradas no programa e outras 300 serão contempladas em novo cadastro. O prefeito Josmail Rodrigues também agradeceu o benefício, o qual, conforme disse, veio a complementar a distribuição de duas mil cestas básicas realizada pela prefeitura.

“É um presente de fim de ano do Reinaldo (Azambuja) e do (Eduardo) Riedel para a nossa população, abençoada por um programa que chegou na hora certa, atendendo de fato as necessidades das pessoas”, declarou. Em Nioaque, onde 181 famílias receberam o benefício, a será estendido para mais 400, o prefeito Valdir Couto Jr frisou que o governador é comprometido com as causas sociais. “Esse programa ajuda as famílias e também o comércio”, observou.


Voltar


Comente sobre essa publicação...