Semana On

Domingo 23.jan.2022

Ano X - Nº 475

Mato Grosso do Sul

Fretistas: redução do IPVA será um ‘alívio’ para as contas em 2022

Medida foi anunciada pelo governador Reinaldo Azambuja nesta semana

Postado em 11 de Novembro de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Motoristas autônomos e fretistas comemoram a redução da alíquota IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), anunciada pelo governador Reinaldo Azambuja. Eles disseram que será um “alívio” nas contas para 2022, depois dos custos terem aumentado em função do valor do combustível.

“Vai ajudar bastante, depois que os custos aumentaram como valor do combustível nos últimos anos. Para nós será um alívio pagar um IPVA mais barato, até para dar uma motivada na categoria, que também teve o trabalho reduzido durante a pandemia”, afirmou Ezídio Mafessoni, de 72 anos, que trabalha com frete há 40 anos.  

Ele contou que antes chegava a fazer dois fretes por dia, agora realiza o mesmo número por semana. “Ainda tem muito pedido de pechincha, já que a situação não está boa para ninguém, mas continuo com os fretes de mudança por toda cidade”.  Já Alfredo Gimenez, 53, que está no setor há 20 anos, destacou que toda redução de imposto que interfere no serviço já ajuda os trabalhadores.

No trecho e nas estradas desde 1975, Waldecir Demétrio ponderou que a redução da alíquota do IPVA se trata de uma “boa notícia” para melhorar as condições no ano que vem. “Será um bom quebra-galho e ajuda um pouco nas despesas, já que trabalho com meu caminhão em 18 estados, na prestação de serviço”.

Diminuição de gastos

Para Silvino Fogaça, 57, o imposto mais barato vai reduzir seus gastos. “Com certeza vai nos ajudar. Esta ação do governador será bem-vinda, gostei muito da sua atitude, pois iremos pagar um IPVA mais barato. É um alívio nesta época de preços altos nos combustíveis”.

Vilson Cáceres, 61, também conta que começou a fazer frentes durante a pandemia, quando perdeu seu emprego, por isso qualquer redução de imposto contribui. “Uma ajuda muito boa, pois reduz os gastos. Sigo fazendo meus fretes pequenos por toda cidade”.

O governador anunciou na última terça-feira (09) a redução da alíquota do IPVA de 2% para 1,5% aos caminhões e ônibus, 3,5% para 3% aos carros. Ficam isentos do pagamento do imposto os veículos com mais de 15 anos de fabricação, 793 ônibus e vans escolares, além de 2.730 automóveis de bares, restaurantes e empresas do segmento turismo, beneficiados pelo programa Retomada MS. 

“É um ano difícil para todos, para o assalariado, o trabalhador, a trabalhadora. A inflação corrói o salário, aumenta o preço dos itens de consumo e diminui o poder de compra. Quando você abre mão de R$ 178 milhões que sairiam do bolso do contribuinte, você está ajudando também todos os setores que pagam IPVA”, disse o governador.


Voltar


Comente sobre essa publicação...