Semana On

Segunda-Feira 16.mai.2022

Ano X - Nº 487

Mato Grosso do Sul

Governo do Estado anuncia mais de R$ 120 milhões em investimentos no esporte

Fundesporte movimenta idosos de nove municípios com festival de dança coreografada

Postado em 14 de Outubro de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O Governo do Estado anuncia, na próxima terça-feira (19), “pacotão” de investimentos no esporte de Mato Grosso do Sul, que chegam a R$ 120 milhões. A divulgação dos programas e projetos contemplados, e lançamentos de obras ocorrerá oficialmente no "MS +Esporte", evento organizado pela Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) no Parque Tarsila do Amaral, em Campo Grande, a partir das 15 horas.

Entre as ações, será oficializada a ampliação dos programas Bolsa Atleta e Bolsa Técnico, com aumento em 45,9% no número de auxílios mensais; anunciadas as reformas e construções de ginásios e espaços esportivos em diversos municípios, tais como a piscina olímpica pública no Parque Ayrton Senna (Campo Grande) e a pista de skate das Moreninhas, novas pistas oficiais de atletismo em Ponta Porã e Chapadão do Sul, a revitalização do Estádio Morenão e o Complexo de Excelência de Maracaju.

Um dos destaques será o programa “MS Bom de Bola”, que prevê a instalação de mais de 100 arenas esportivas multiuso. Cada município receberá pelo menos uma. Além disso, na solenidade também serão lançados editais de fomento a clubes e federações esportivas, com foco no alto rendimento; divulgados grandes eventos que acontecerão neste ano e em 2022, movimentando a economia estadual: Liga das Nações de Vôlei 2022; campeonatos brasileiros de motocross, ginástica, paracanoagem, basquete em cadeira de rodas e handebol; Brasil Ride de Mountain Bike, Eco Pantanal Extremo, entre outros.

O diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda, destaca que este será o maior investimento da história do Estado no setor. “Sem dúvida alguma, será um momento histórico para o esporte de Mato Grosso do Sul, melhorando a infraestrutura e impactando diretamente nas nossas futuras gerações esportivas, além de avançar ainda mais no atendimento à população dos 79 municípios do Estado”.

A cerimônia do “MS +Esporte” terá a presença do governador Reinaldo Azambuja, do secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel; de deputados estaduais, prefeitos e secretários municipais de esportes, presidentes de federações esportivas, atletas, técnicos e demais autoridades.

Idosos

Idosos de nove municípios participarão do Festival de Dança Coreografada da Melhor Idade de Mato Grosso do Sul 2021. O evento, organizado pelo Governo do Estado, via Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), será realizado na sexta-feira (15), a partir das 16 horas, na sede campo da Associação Esportiva e Cultural Nipo-Brasileira (AECNB), em Campo Grande.

Estarão na Capital as delegações de Anastácio, Bataguassu, Caarapó, Maracaju, Nova Andradina, Paraíso das Águas, Ponta Porã, Taquarussu e Vicentina, totalizando 116 pessoas. Participarão idosos-atletas com idade acima de 60 anos (ano-base 1961) totalmente imunizados contra o novo coronavírus (Covid-19). A competição não será aberta ao público.

Em meio à pandemia, as pessoas acima de 60 anos estão num dos grupos mais suscetíveis às complicações virais e que por mais tempo permaneceram em isolamento. O diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda, explica que o objetivo do Festival é incentivar a pessoa idosa à prática esportiva como forma de melhoria da qualidade de vida.

“Além de estimular a saúde e o bem-estar físico, o evento vai proporcionar o convívio social e troca de experiências entre os participantes. Muitos idosos em nosso Estado têm um vínculo esportivo e ficaram muito tempo parados por causa da pandemia. Queremos trazer de volta diversas atividades a este público e com o Festival atrair ainda mais pessoas para a atividade física”, diz Miranda.

As disputas serão em grupo, de seis a 12 integrantes (feminino, masculino e/ou misto). “Sabemos que nosso Estado tem centros de convivência do idoso em todos os municípios e eles trabalham a dança, uma atividade que a terceira idade adora. Como temos tradicionalmente nos Jogos da Melhor Idade a dança de salão, em casal, pensamos em fazer um evento para proporcionar que mais atletas participem, agora em grupo. Este será o primeiro evento neste formato, de muitos que virão”, salienta a gerente-geral de Atividades Desportivas da Fundesporte, Karina Quaini.

Formato de disputa

Cada apresentação terá de três a cinco minutos, com músicas de gêneros variados, escolhidas pelos grupos. Estes serão avaliados por júri técnico, composto por cinco especialistas em dança. Serão cinco quesitos em julgamento: tema e composição, performance, figurino, sincronismo e espaço. Os três primeiros grupos com melhor pontuação vão receber troféu e medalhas.


Voltar


Comente sobre essa publicação...