Semana On

Domingo 19.set.2021

Ano X - Nº 461

Legislativo

Na Sejusp, deputado Pedro Kemp e professor Jaime pedem reforço policial para garantir atos democráticos no 7 de setembro

Objetivo foi o de garantir que os atos democráticos aconteçam sem confronto

Postado em 03 de Setembro de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Para garantir a segurança de todos os manifestantes que irão para as ruas no 7 de Setembro na Capital, o deputado estadual Pedro Kemp (PT) esteve com o presidente da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de MS), professor Jaime Teixeira, na Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública).

Ao representante do Governo do Estado e da Sejusp, o secretário adjunto da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, coronel Ary Carlos Barbosa foi levada a preocupação e o pedido do reforço policial no dia 7 de setembro. Objetivo foi o de garantir que os atos democráticos aconteçam sem que ocorra qualquer tipo de confronto, já que o momento é de muita tensão política por todo o País.

"Nós defendemos todo e qualquer ato democrático e independente das diferenças de pensamento político, entendemos que os profissionais da segurança poderão contribuir para que o fluxo do trânsito e os atos que contarão com a presença de crianças e jovens transcorram da melhor maneira possível", disse Kemp.

"Junto com a Fetems e todos os representantes das entidades em defesa da classe trabalhadora vamos participar da concentração que acontece no dia 7 de setembro às 15h na Praça Ary Coelho. A saída será às 16h até a Rua Antônio Maria Coelho".

De lá, o ato contra o atual governo federal prevê que o percurso transcorra pela Rua Pedro Celestino e na Praça do Rádio, irá acontecer uma celebração ecumênica. "O ato ecumênico será em defesa do Brasil, das instituições democráticas e contra a postura autoritária que impera em nosso País assolado pelo desemprego"

Um acréscimo à matéria:  "Também pedimos a apuração da suspeita de tentativa de intimidação que aconteceu em frente à casa do dirigente da Fetems, quando na noite de segunda-feira, um grupo de motociclistas ficou por cerca de 15 minutos com veículos ligados, parados, acelerando, soltando fogos e fotografando a residência do representante sindical dos professores de MS".

Outro ato, este em defesa do governo federal, vai acontecer com às 8h45 no estacionamento do Yotedy, na Rua Antônio Maria Coelho, com saída prevista às 9h. De moto o grupo vai percorrer o Parque dos Poderes e a dispersão estará prevista para às 11h.


Voltar


Comente sobre essa publicação...