Semana On

Sexta-Feira 20.mai.2022

Ano X - Nº 487

Campo Grande

Um ano depois, intervenção na Mato Grosso deixou trânsito mais funcional e seguro

Governo do Estado executou a obra de revitalização da avenida com R$ 4,5 milhões de recursos próprio

Postado em 25 de Agosto de 2021 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A Avenida Mato Grosso recebeu no último ano melhorias no pavimento e na sinalização que deixaram mais funcional e seguro o trânsito de quase seis quilômetros da via - nos trechos de ida e volta entre a Rua Calógeras e a Avenida Ceará.

O Governo do Estado executou a obra de revitalização da avenida com R$ 4,5 milhões de recursos próprios. A modernização da via teve início em agosto de 2020 e contemplou a troca do pavimento antigo e remendado por um asfalto de qualidade e longa durabilidade, além de sinalização horizontal e vertical.

“Está bonita, com um bom movimento”, diz a comerciante Marcileide Chaves de Carvalho, de 41 anos. Ela tem uma lanchonete instalada na Mato Grosso, quase esquina com a Rua Dr. Arthur Jorge há dois anos e, depois de acompanhar todo o processo da obra, decreta: “está aprovada”.

“Ficou ótima. O trânsito fluiu", avalia o taxista José Carlos Amaral de Souza, 54. Na profissão há mais de duas décadas, ele ainda revela outros ganhos da nova Mato Grosso: "um asfalto remendado dá muita trepidação e o carro gasta muito, é suspensão, bucha da bandeja, amortecedor... Já o asfalto novo ajuda nessa economia, inclusive de combustível, porque não precisa trocar de marcha toda hora".

Composta por comércios e moradias, a Mato Grosso é uma das principais vias da Capital e precisava da revitalização, afirma o secretário estadual de Infraestrutura, Eduardo Riedel. "Hoje conseguimos ver o resultado desta iniciativa: uma entrega para a população que vai gerar ainda um maior movimento comercial, gerando emprego, fornecendo segurança e conforto para a nossa população", acredita.

A revitalização da Mato Grosso está no pacote de benfeitorias para Campo Grande planejado pelo Governo do Estado. Fazem parte desses investimentos a implantação da Norte-Sul; o reordenamento da rotatória da Avenida Três Barras; e o novo acesso das Moreninhas, além de empreendimentos já entregues como a modernização da Avenida Euler de Azevedo, o recapeamento da Avenida Bandeirantes e a reconfiguração da rotatória da Mato Grosso com a Nelly Martins.

“Em parceria com a Prefeitura, estamos fazendo intervenções em várias áreas da cidade para melhorar o trânsito, e consequentemente a qualidade de vida da população. Campo Grande cresceu e precisa desse reordenamento”, afirma o governador Reinaldo Azambuja.

Para a auxiliar de limpeza Renata Milena Garcete, 27, que trabalha no centro da cidade, o trabalho na área de infraestrutura urbana tem melhorado o dia a dia das pessoas. "Seja para trabalhar ou passear, essas obras de asfalto, de sinalização, de semáforo, deixam a cidade melhor", pensa.

Curiosidade

Segundo o Arquivo Histórico de Campo Grande (Arca), a Avenida Mato Grosso recebeu esse nome desde seu traçado original, nos início dos anos 1900, em referência ao Estado. Em 10 de Dezembro de 1964, passou a se chamar Avenida Presidente Kennedy, em homenagem ao falecido presidente dos Estados Unidos. Entretanto, em 1970, por força de lei, voltou à denominação original de Avenida Mato Grosso.


Voltar


Comente sobre essa publicação...